Robô-garçom faz restaurante da Flórida ter aumento de até 35% nas gorjetas

Empresário recorreu ao robô diante da escassez de mão de obra e viu a clientela aumentar

0
2968
Robô é fabricado pela companhia Bear Robotics, da Califórnia (foto: Reprodução Miami Herald)

Diante da dificuldade em contratar funcionários após meses de portas fechadas devido à pandemia de covid-19, o dono do restaurante Sergio’s, em West Kendall, FL, decidiu inovar.  

Por um custo mensal de mil dólares, o cubano Carlos Gazitua alugou um robô-garçom da companhia Bear Robotics, que tem sede no Vale do Silício, na Califórnia.

Segundo ele, Astro, como o robô é chamado, carrega vários pratos de uma só vez, pede licença quando precisa passar entre as pessoas, agradece e ainda fala vários idiomas.

O empresário falou em entrevista ao Fox Business que a agilidade do ‘novo funcionário’ fez as gorjetas da casa aumentarem entre 20 a 35%, e já se prepara para receber outros dois ‘colaboradores’. “O que conseguimos fazer é servir mais rápido, deixando os clientes mais satisfeitos com o serviço”, disse .

Gazitua explicou que o trabalho da máquina não dispensa os garçons humanos, já que o robô leva a comida até a mesa, mas não serve os clientes. “Ele é sempre auxiliado por alguém”.

O dinheiro a mais coletado com os ‘tips’ é dividido entre todos os trabalhadores.  “Por mais louco que pareça, acho que o robô vai nos dar oportunidades de sermos mais humanos, porque vai sobrar tempo para que possamos ter uma conexão pessoal com os convidados”, disse ele.