Romero Britto terá carteira suspensa e vai prestar serviços comunitários

0
586

Saiu a sentença do artista plástico Romero Britto, que em março foi detido em South Beach dirigindo com teor alcoólico quase duas vezes acima do permitido: o brasileiro fez um acordo na Corte, nesta terça-feira, e pagará mil dólares de multa pela infração, além de perder sua carteira de motorista por seis meses e ser obrigado a prestar 100 horas de serviços comunitários.

Como parte do acordo, também, Romero deixará o seu automóvel – um Bentley – sob custódia da polícia. Depois do prazo da suspensão e por seis meses, o artista só terá permissão de dirigir carros equipados com um dispositivo especial, que checa periodicamente o nível de álcool do motorista. “De um certo modo, Romero Britto é grato ao policial que efetuou a prisão, que estava alerta e o interceptou antes que algo de mais grave acontecesse”, disse o advogado Mark Shapiro.