Romney lidera e deve vencer na Flórida

0
564

Hoje é dia de decisão para os republicanos na Flórida e a briga fica entre Romney e Gingrich

Mitt Romney está na frente nas pesquisas das primárias do estado da Flórida que se realizam hoje, mas seu rival Newt Gingrich prometeu uma luta implacável até a convençãode agosto. Os outros dois pré-candidatos, Rick Santorum e Ron Paul, apostam nas primárias futuras e nenhum dos quatro está disposto, por ora, a jogar a toalha.

No domingo, as pesquisas mostraram que Romney chega às primárias da Flórida com uma clara vantagem sobre Gingrich. Sua equipe de campanha está na ofensiva lançando anúncios que pintam Gingrich como pouco ético e não apto para o cargo.

A sondagem NBC/Marist revelou que Romney supera Gingrich por 15 pontos (42% contra 27% das intenções de voto), enquanto o The Miami Herald mostrou Gingrich onze pontos atrás de Romney.

Apesar das sondagens, Gingrich disse que espera una disputa muito renhida na Florida, primárias catalogadas por alguns como um campo de batalha chave nas eleições presidenciais de novembro.

Gingrich afirmou em Fort Myers que “a eleição será muito mais disputada do que apontam as sondagens”. Ele previu uma campanha “selvagem” e assinalou que “Romney tem o enorme desafío de tratar de obter uma maioria na convenção nacional republicana em agosto”, que marcará o final das primárias e da qual resultará o candidato republicano definitivo.

“Iremos até o final da convenção, e creio que o Partido Republicano não designará um candidato de Massachusetts pró-aborto, pró-controle de armas, e pró-aumento moderado de impostos”, afirmou.

Romney, que mudou sua posição sobre o aborto e agora é contrário à prática, vem tentando defender-se das persistentes dúvidas sobre suas credenciais conservadoras, que remontam à sua época como governador liberal de Massachusetts.

Até agora nenhum dos dois pré-candidatos conseguiu uma vantagem considerável. Em 3 de janeiro, em Iowa, um surpreendente Rick Santorum se impôs a Romney e Gingrich. Uma semana mais tarde, em New Hampshire, Romney ganhou a contenda, mas na Carolina do Sul Gingrich recuperou cerca de 20 pontos em apenas 10 días e impôs-se sobre Romney, Santorum e Ron Paul.

Campanha cara e suja

Analistas indicam que a campanha pela indicação republicana 2012 é a mais cara da história, e também a mais suja. E advertem que a Flórida não será o final, mas, sim, uma etapa a mais de uma corrida que pode prolongar-se até o final.

Se for assim, ninguém até agora calculou o desgaste do partido republicano e se contará com o tempo necessário para recompor-se e enfrentar os democratas para tirar a presidência de Obama.

Segundo a ABC, só na Flórida Romney gastou cerca de $11 milhões, quantidade quatro vezes maior do que o investimento publicitário da campanha de Gingrich. Em Iowa, esta estratégia deu resultado e Gingrich ficou em quarto lugar, mas o ex-presidente da Câmara de Deputados se recuperou e voltou à luta.

“Mas a campanha de Romney tem mais dinheiro e uma estrutura mais profissional. Dois detalhes ainda mais importantes em um estado tão povoado como a Flórida”, destacaram os especialistas.