Rotary em Boca entra na campanha mundial para erradicação da  poliomielite

0
414

O Rotary Club Boca West em Boca Raton está angariando fundos para uma campanha mundial de erradicação da  poliomielite. O projeto tem como foco os três países que ainda tem o vírus, Nigéria, Afeganistão e Paquistão. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera as Américas livre do vírus desde 1994 e a Europa desde 1999. Os recursos levantados pelo Rotary Boca serão enviados para o Rotary nacional e de lá para o projeto mundial

A campanha na Flórida, lembra a presidente do Rotary, Angélica Blakely, está sendo feita com apoio da Fundação Vamos Falar Português e do Banco do Brasil. A instituição financeira doou cofrinhos para que as crianças possam recolher moedas durante a campanha, nos meses de outubro e novembro. “No final do período elas vão retornar os cofrinhos e nós vamos enviar o dinheiro para a campanha mundial. Também é uma excelente oportunidade de explicar para as crianças a importância do trabalho voluntário”, explica a presidente do Rotary Boca West.

Os Rotary Clubes no mundo encabeçaram a luta mundial contra a poliomielite em 1985, depois de uma bem sucedida campanha em 1979 nas Filipinas. Desde então, 125 que tinham vírus hoje estão livres da pólio, incluindo o Brasil em 1990.

Quem também entrou na campanha foi a fundação Bill e Melinda Gate (os donos da Microsoft). Eles vão doar dois dólares para cada dólar arrecadado nos EUA pelos Rotarys Clubes.

Quem quiser participar da campanha pode entrar em contato com a presidente do Rotary Club Boca West através do email anbblakely@hotmail.com. Em novembro o Rotary estará divulgando um vídeo com o personagem Zé Gotinha alertando as crianças brasileiras sobre o vírus e a importância da vacinação.