Rússia inaugura estádio com quatro anos de antecedência

0
443

REUTERS
Rússia inaugura estádio com quatro anos de antecedência

A Copa na Rússia ainda está longe, mas na última quarta-feira (27) o presidente Vladimir Putin inaugurou a Arena Otkrytie, em Moscou, um dos estádios onde será jogado o mundial de 2018. O estádio, situado no noroeste da capital russa, será a sede de um famoso clube da cidade, o Spartak Moscou.

Putin chegou de helicóptero, acompanhado pelo ministro russo do Esporte, Vitaly Mutko, o prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, e Leonid Fedun, o proprietário do clube Spartak Moscou, que financiou o estádio.

O presidente da Rússia deu uma volta pela arena, que atualmente tem capacidade para 42.000 pessoas. Ele também se reuniu com veteranos do Spartak e jovens jogadores.

A obra levou sete anos para ser concluída e custou cerca de 15 bilhões de rublos (415,7 milhões de dólares). A capacidade poderá ser elevada para 45.000 pessoas, como quer a Fifa para o Mundial. O estádio também será palco de jogos da Copa da Confederações, em 2017.

Acompanhado pelo ministro do Esporte da Rússia, Vitaly Mutko, do prefeito de Moscou, Sergey Sobyanin, e do proprietário do Spartak, Leonid Fedun, o presidente chegou ao local de helicóptero e foi recepcionado por jogadores da base e da equipe profissional.

“Este estádio é digno de um dos clubes mais amados da Rússia. A construção de estádios esportivos como este ajuda a estimular o desenvolvimento do país”, afirmou Putin, que assinou uma bola de futebol para deixar de legado ao museu do Spartak. O novo estádio também será palco da Copa das Confederações em 2017, torneio que serve de teste principal para a Copa.