Saúde: Dançar faz bem à saúde

0
1078

Independente do ritmo escolhido, atividade tonifica o corpo e combate o estresse

Pode ser a sensual coreografia do tango ou os agitados passos do samba. Não interessa o ritmo, o que realmente importa é que esta atividade, muitas vezes vista somente como forma de lazer, é um tremendo exercício para o corpo e remédio para a mente. Isso mesmo, dançar, além de divertido, faz bem à saude. Tanto é verdade que especialistas apontam a preocupação com uma vida saudável como a razão principal para que muitos arrisquem seus primeiros passos em diferentes compassos da música.

Os benefícios sao incontáveis: fortalecimento dos músculos, perda de calorias, aumento da flexibilidade, desenvolvimento da coordenação motora, estímulo da circulação sanguínea… e a lista pode seguir, especialmente se levarmos em conta que muitos buscam na dança uma forma de socialização – então cabe acrescentar que a dança também aumenta autoconfiança e alivia o estresse e a tensão. Durante uma aula fica fácil deixar os problemas de lado, mas você também pode praticar em casa, ao som de sua música preferida.

Conheça alguns benefícios de quem é pé-de-valsa

Perda de peso – trata-se de um exercício físico como qualquer outro. Ao dançar, os mais de mil movimentos contribuem para a aceleração do coração, como qualquer atividade aeróbica, e incidem especificamente e de forma repetida sobre diferentes áreas do corpo, o que faz com que os músculos se fortaleçam. Por isso mesmo, uma sessão de dança queima tantas calorias como uma caminhada, uma sessão de natação ou de ciclismo.

Flexibilidade – aí está um elemento chave da nossa saúde, que é facilmente adquirido com a dança. Nunca se esqueça de, antes de uma sessão de dança, caprichar no aquecimento, com vários exercícios de alongamento.

Resistência – como uma das formas mais completas de exercício físicoa dança aumenta a resistência do corpo, que nada mais é do que a habilidade que os músculos têm de trabalhar durante mais tempo, sem se ressentirem ou acusarem cansaço.
Bem-estar – ningué fica triste quando dança. A atividade mistura música, movimentos mágicos e o convívio com outras pessoas.

Depois de tudo isso, o que você está esperando para ‘entrar na dança’?


Pergunte ao Especialista

O que acontece com o nosso corpo na hora do acidente?

Quando um veículo se choca com outro, o corpo de cada pessoa que o ocupa é jogado em direção ao impacto e imediatamente, então, jogado em direção oposta. Isso é o que chamamos de ‘whiplash’. Mesmo em baixa velocidade, a força de dois carros colidindo pode traumatizar toda a coluna, colocando tensão sob várias partes do corpo. No momento do impacto, o peso de nossa cabeça faz com que músculos e ligamentos sejam esticados e prejudicados. Essa força movimenta bruscamente ossos da espinha, causando um mal alinhamento. Esses machucados no pescoço e na região lombar podem causar sérios danos a saúde. Portanto, sentir dores no pescoço é normal nestas circunstâncias. Cuidar disso é a nossa especialidade. Através de uma terapia natrural e sem medicamentos, é possível trabalhar na reeducação da coluna e manter uma postura saudável. Um tratamento deste tipo pode não só resolver para sempre as dores consequentes de um acidente como também aquelas famosas dores de coluna que muitas pessoas carregam por tantos anos.

Colaborou o especialista Dr. David Maklan