Schumacher substituirá Massa no GP da Europa

0
680

Piloto alemão confirmou que vai interromper aposentadoria para correr pela Ferrari

O heptacampeão Michael Schumacher vai retornar às pistas de Fórmula-1. O piloto alemão decidiu interromper sua aposentadoria, segundo ele, para ajudar a Ferrari, por onde faturou vários títulos mundiais na categoria mais importante do automobilismo mundial. Schumacher substituirá Felipe Massa no GP da Europa, em Valência (Espanha), no próximo dia 23 de agosto, já que o brasileiro não terá condições de competir.
O alemão ficará com o segundo carro da equipe e será companheiro de Kimi Räikkönen. “O mais importante é que Massa está se recuperando. E, como o momento é delicado para a escuderia, decidimos em conjunto pelo o retorno às pistas”, disse Schumacher. Ele admitiu que só suspenderá a aposentadoria devido ao momento delicado na Ferrai, mas confessou que está bastante animado com o desafio.
Schumacher fez a sua última corrida na Fórmula 1 no dia 22 de outubro de 2006, no GP do Brasil. Em sua carreira, o alemão voador, que por muitos foi apontado como o maior piloto de todos os tempos, disputou mais de 250 provas e conquistou sete títulos mundiais. Desde a aposentadoria ele passou a atuar como consultor da Ferrari, mas o momento exigiu que ele voltasse ao cockpit do carro vermelho.
A permanência de Schumacher à frente do carro da Ferrari dependerá do tempo de recuperação de Felipe Massa, que já deixou a UTI do Hospital Militar de Budapeste, na Hungria. O acidente com o brasileiro aconteceu nos treinos livres naquele país, quando ele foi atingido por uma mola que se desprendeu do carro de Rubens Barrichello. Após uma cirurgia, Massa ficou em coma induzido e, apesar de ter demonstrado uma sensível melhora, a equipe médica não arrisca previsões sobre a volta às pistas.