Seis brasileiros estão em lista mundial de “jovens líderes”

0
615

Seis brasileiros aparecem na lista de “Jovens Líderes Globais” de 2007, feita pelo Fórum de Jovens Líderes Globais e publicada nesta semana na Suíça.

A indicação das 250 personalidades de até 40 anos acontece todos os anos, desde 2004, para reconhecer o trabalho de jovens profissionais em seus campos de trabalho.

Os brasileiros selecionados são Renato Amorim, diretor da Companhia Vale do Rio Doce, Ricardo Bisordi, diretor da empreiteira Camargo Corrêa, Affonso Ferreira Fillipe, controlador da Gerdau, Carlos Jereissati Filho, executivo da Iguatemi, Fernando Madeira, executivo do Terra e Claudia Vassalo, diretora da revista Exame.

Criado em 2004 por Klaus Schwabe, um empresário suíço que também preside o Fórum Econômico Mundial de Davos, o Fórum de Jovens Líderes Globais visa encorajar novas lideranças a trabalhar pelo futuro do planeta.

O prêmio leva em conta o “seu comprometimento com a sociedade e seu potencial para desenhar o futuro do mundo”, segundo o comunicado do Fórum.

Cantora e jogador

Embora o campo de atuação de negócios tenha o maior número de nomes –125–a lista do Fórum não é composta só por empresários.

Nomes como a cantora de ópera italiana Cecília Bártoli e do jogador de futebol coreano Ji-Sung Park também estão entre os 250 indicados.

Em anos anteriores, a cantora Daniela Mercury e o fundador do grupo Afro Reggae, José Pereira de Oliveira Júnior, já tinham sido indicados entre os brasileiros, ao lado de nomes como os dos criadores do Google, Larry Page e Sergey Brin e do presidente da Geórgia, Mikheil Saakashvili.

A escolha final dos indicados para o “Jovens Líderes Globais” foi feita entre o grupo que resultou de uma pré-seleção entre 4 mil nomes.