Seleção vence amistoso contra Zimbábue

0
663

Gols foram marcados por Michel Bastos, Robinho e Elano

Não foi um grande teste para a seleção canarinho, mas a vitória no amistoso contra o fraco time do Zimbábue serviu para dar ainda mais confiança e ritmo de jogo aos comandados de Dunga, a cerca de uma semana do início da Copa de 2010. O placar de 3 a zero, no estádio de Harare, reflete bem a superioridade dos brasileiros, que sequer se esforçaram muito.
Os gols foram marcados por Michel Bastos, Robinho e Elano. O técnico Dunga optou por fazer várias substituições e viu suas preces serem atendidas: o time do Zimbábue evitou faltas desleais, entradas mais ríspidas e situações que pudessem colocar em risco os atletas brasileiros. A seleção africana ocupa apenas a 110ª posição do ranking da Fifa e a presença da seleção pentacampeã se transformou num grande evento nacional.
O momento de maior tensão para os brasileiros foi quando o camisa 1, Julio Cesar, pediu para ser substituído, com menos de 25 minutos de jogo. Ao tentar fazer uma defesa, o melhor goleiro do mundo sofreu uma pancada na região lombar ao bater no chão. Apesar da preocupação do médico José Luiz Runco, a contusão não é séria e ele está confirmado para a estreia no Mundial, dia 15, contra a Coreia do Norte.
Mas a partida teve um detalhe curioso: O hino nacional, tocado ao vivo por uma orquestra local, teve vários erros, o que deixou os jogadores da seleção constrangidos. Robinho, o mais gozador, não conseguiu disfarçar as risadas.