Senador irá propor obrigatoriedade de todos os imigrantes deixarem o país antes de se legalizar

0
382

Da redação
Presidente George W. Bush dirigiu uma mensagem ao Senado, hoje, insistindindo firmemente para que os senadores matenham o ponto chave da reforma, a legalização semi-condicional dos mais de 12 milhões de imigrantes que vivem no país, em estado illegal.
A preocupação do líder do países é em relação à intenção do senador Kay Bailey Hutchison (R-Texas), que pretende apresentar uma emenda, após o feriado do Memorial Day, solicitando a obrigatoriedade de todos os imigrantes deixarem o país antes de aplicarem para um visto Z (visto de trabalhador temporário). Atualmente a proposta requer que os “cabeças da família” retornem ao país, quando da solicitação da residência permanente.
O presidente Bush argumenta que é impossível para o país enviar todos os imigrantes para casa.
Hutchison e alguns colegas republicanos vêm o projeto de reforma como uma “anisita” e defendem que os cidadãos norte-americanos não merecem que pessoas que quebraram a lei sejam “premiadas” incondicionalmente com visto e residência. Também argumentam que o programa de Guest Worker caminha para estabelecer uma “nação de trabalhadores com mão-de-obra baratas.