Setor imobiliário afetará a economia dos EUA, afirma o Fed

0
377

da Folha Online

A desaceleração do setor imobiliário irá prejudicar a economia dos Estados Unidos em 2007 e até 2008, mas outros setores manterão um crescimento “moderado”, afirmou nesta quarta-feira Ben Bernanke, presidente do Fed (Federal Reserve, o BC americano).

“Em seu conjunto, a economia americana parece ter crescido em ritmo moderado no segundo trimestre, com um pequeno fortalecimento esperado em 2008 a um nível próximo do pleno potencial”, afirmou Bernanke em um discurso ante o congresso.

O Federal Reserve revisou em baixa de 0,25 ponto percentual sua previsão de crescimento para 2007 e 2008. Em 2007, o PIB (Produto Interno Bruto) deve crescer 2,25% e 2,5% antes de chegar a um nível de 2,5% a 2,75% em 2008. A revisão em baixa “vem em especial da construção residencial mais frágil que o previsto este ano”, afirmou Bernanke.

Além disso, Bernanke afirmou disse que a entidade continua preocupada com as pressões inflacionárias, mas acredita que a depressão no setor da habitação diminuirá o ritmo de crescimento econômico nos próximos meses.

A economia dos Estados Unidos manterá um ritmo “moderado de crescimento até o final do ano, e a atividade poderia se acentuar no próximo ano”, disse Bernanke diante do Comitê de Finanças da Câmara de Representantes.