Síndica do condomínio que ameaçou imigrantes renuncia

0
586

Lilyann Ferrara alegou problemas de saúde para deixar o cargo. Administração do Brookfield Gardens (foto) deve ser processada.

Depois de enviar cartas ameaçando chamar a polícia de imigração para expulsar e deportar os moradores estrangeiros indocumentados do Condomínio Brookfield Gardens, em Deerfield Beach, a síndica Lilyann Ferrara pediu demissão do cargo, alegando motivos de saúde. O documento enviado aos residentes contém inúmeras irregularidades e a administração do residencial é passível de ser processada por discriminação, perdas e danos, difamação e violação dos direitos civis.
Ferrara, de 52 anos, não era querida pelos moradores, a maioria deles brasileiros. Segundo Elizete Nunes, dona de uma das unidades, ela acusava os imigrantes de desvalorizarem o condomínio, mas muitos não tomavam providências com medo de represálias. Muitos deles, porém, procuraram advogados para entrarem com ações depois do ocorrido. O condomínio realizou uma reunião de emergência no final da semana passada para escolher um novo administrador.
Um dos agentes da polícia de imigração (ICE – Immigration and Customs Enforcement), Ivan Ortiz, afirmou que a agência não realiza batidas a partir de denúncias de cidadãos, mas com base em “sólidas investigações”.