Sociedade quer pente fino agora no Planalto

0
564

Depois do Congresso, agora é a vez do Palácio do Planalto receber críticas pelo organograma inchado. No governo Lula, a Presidência emprega 67 diretores e centenas de chefes, num total de 1.750 servidores. O número de funcionários públicos é tão grande que foi necessário ampliar o restaurante e estacionamento.

Só a Casa Civil, pasta comandada pela ministra Dilma Rousseff, conta com sete diretores, mesmo número da multinacional Vale do Rio Doce, mas o recordista foi o da Comunicação Social, do ministro Franklin Martins, que possui 12 diretores, o dobro da Petrobrás. Foram criadas, ainda, mais oito Diretorias de Programa para as pastas de Relações Institucionais e Assuntos Estratégicos. Um diretor geralmente ocupa cargo comissionado com salário de quase nove mil reais.