Sorteio do Mundial de Clubes coloca Monterrey no caminho do Atlético-MG

0
403

Time mexicano enfrenta vencedor de Raja Casablanca, do Marrocos, e Auckland City, da Nova Zelândia. Galo estreia no dia 18 de dezembro

Acabou o mistério. O Atlético-MG já sabe o caminho que terá que percorrer para conquistar o inédito título de campeão mundial de clubes, no Marrocos. Na quarta-feira (9), em Marrakesh, o sorteio da Fifa definiu os confrontos do torneio que será realizado em dezembro, entre os dias 11 e 21. O primeiro desafio do Galo será o vencedor da partida entre Monterrey, do México, que enfrentará Aukcland City, da Nova Zelândia, ou Raja Casablanca, do Marrocos.

No dia 11 de dezembro, Raja Casablanca, do Marrocos, e Auckland City, da Nova Zelândia, campeão da Oceania, abrem o torneio. Quem vencer, encara o Monterrey, do México, campeão da Concacaf, no dia 14 de dezembro. Só depois é que o Atlético-MG saberá quem enfrentará na estreia.

A outra semifinal do Mundial de Clubes terá Bayern de Munique, da Alemanha, campeão da Liga dos Campeões da Europa, diante do vencedor do confronto entre o campeão africano e o campeão asiático, ainda não definidos. A grande final será no próprio estádio de Marrakesh, no dia 21 de dezembro.

O campeão da Liga dos Campeões da Ásia sairá do confronto entre Guangzhou Evergrande, da China, e FC Seoul, da Coreia do Sul. O campeão será conhecido no dia 09 de novembro. Já a Liga dos Campeões da África ainda está na fase semifinal. Estão na disputa o Coton Sport, de Camarões, o Al-Ahly, de Egito, o Orlando Pirates, da África do Sul, e o Espérance Tunis, da Tunísia.

O Atlético-MG, no sorteio, foi representado pelo presidente Alexandre Kalil, pelo diretor de futebol Eduardo Maluf e por Adriana Branco, diretora-executiva do clube. Além do sorteio, os representantes da equipe alvinegra foram verificar as instalações que o Atlético-MG utilizará durante o período da competição.

O local onde o time alvinegro será o luxuoso Hotel Palais Selmam, em Marrakesh, que fica a cinco minutos do aeroporto e do centro moderno da cidade. O hotel foi inaugurado em setembro do ano passado, e a estrutura é de dar inveja. São 55 suítes, todas com mais de 75 metros quadrados e sete riads, que são casas típicas marroquinas de alto padrão e luxo, todas com piscinas próprias.