Sul da Flórida registra mais uma queda nos preços dos imóveis

0
632

Em Broward e Dade, queda é superior a 20% em relação ao ano passado

A crise imobiliária que afeta o país, em especial o sul da Flórida, teve mais um capítulo em junho: em um processo que já dura 30 meses, os preços das residências caíram ainda mais, chegando a despencar mais de 20% nos condados de broward e Miami-Dade em comparação aos valores de um ano atrás. “Mesmo aqueles que têm dinheiro e querem comprar estão preferindo esperar um pouco ou talvez investir em outros bens e isso acaba prejudicando o mercado imobliário”, calcula a especialista em finanças Andrea Heuson, professora da Universidade de Miami.

Em Dade, a media dos preços das residências caiu 21%. Ou seja, uma casa de três quartos que no ano passado custava 371 mil dólares, hoje está sendo avaliada por 293 mil dólares – e mesmo assim o proprietário está com dificuldades de encontrar compradores. Naquele condado, 43.188 unidades foram listadas à venda em junho. Do mesmo modo, em Broward, a queda foi de 20% em relação ao mesmo mês de 2007 e hoje há cerca de 40 mil residências à disposição no mercado.

Mesmo assim, alguns corretores estão comemorando o momento. “Não está maravilhoso como há dois ou três anos, mas com certeza estamos vendendo mais do que há um ano disse Samir Patel, da Miami Condo Realty, sem perder o otimismo.