TALENTO NOSSO: O goiano Paulo Jordão será um dos líderes, aqui na Flórida, do Photowalk, evento que vai reunir milhares de fotógrafos em mais de 43 países

0
841

Apesar da família de artistas, o goiano Paulo Jordão optou na adolescência por seguir uma carreira esportiva. Ainda no Brasil, se formou em Educação Física e veio para os Estados Unidos em 1999 em busca de uma especialização na área, o que acabou acontecendo. No entanto, o destino colocou diante desse professor de academia e personal trainer uma máquina fotográfica e, hoje, Paulo é um dos mais talentosos e reconhecidos profissionais do meio.

Tanto que foi convidado por Scott Kelby – considerado o guru do Photoshop, o software líder no mercado dos editores de imagem – para ser o líder do Worldwide Photowalk (ver box) aqui no sul da Flórida.

“É bom saber que o meu nome está recebendo o reconhecimento nas altas comunidades do mundo fotográfico”, orgulha-se o goiano. As atividades esportivas não foram abandonadas totalmente e Paulo é instrutor da Gold Gym, uma academia de ginástica em Hollywood (FL), mas ele mesmo admite que é difícil deixar a câmera de lado, especialmente num momento em que sua carreira de fotógrafo está num momento tão especial.

A paixão pela fotografia aflorou depois que Paulo conheceu sua mulher, Peggy, uma fotógrafa profissional que hoje trabalha como produtora fotográfica em campanhas publicitárias e editoriais. Ele começou despretenciosamente, quase como um hobbie, com uma máquina antiga e emprestada. Mesmo assim, percebeu que tinha o dom para a coisa e tratou logo de se matricular em alguns cursos de fotografia e Photoshop. “No início tirava fotos de cachorros em algumas lojas famosas de animais de estimação e o trabalho foi elogiado. Passei então, por indicação de clientes, a registrar casamentos, festas e eventos, o que hoje representa 90% da minha rotina de trabalho”, destaca o artista, que também faz algumas sessões fotográficas para gestantes e modelos, além de ser o fotógrafo oficial do Hall of Fame de Broward.

Perfeccionista

Morador de Fort Lauderdale e pai de um filho, o brasileiro é perfeccionista em tudo o que faz e costuma dizer aos seus clientes que fotografia profissional não é apenas mirar a câmera e clicar, mas envolve sentimentos e a percepção do que é belo ou interessante. “Não me satisfaço com resultados óbvios. Por isso considero que a imagem que captamos através das lentes e colocamos no papel são verdadeiras obras de arte”, diz o “artista da fotografia”, como ele mesmo gosta de falar. E os trabalhos de Paulo podem ser apreciados no site www.paulopics.com.