Temporada de gripe já chegou no sul da Flórida

0
382

Desde de dezembro, médicos têm visto o aumento na procura por serviços nos hospitais

O ano começou com uma notícia desagradável para quem não tem plano de saúde, a temporada de gripe chegou mais cedo trazendo aqueles sintomas que incomodam muita gente: febre e dores no corpo. Desde meados de dezembro, os hospitais no condado de Broward têm visto o número de pacientes, com sintomas da gripe, dobrar em relação ao mesmo período do ano passado. Mesmo com o aumento, os hospitais garantem que dão conta da procura.

No condado de Palm Beach, os hospitais afirmam que têm registrado casos de gripe, mas o número ainda não é considerado alto se comparado com o ano de 2012. Em Broward, e em outros vinte condados da Flórida, no entanto, as estatísticas ganharam o título de “moderada”, o que seria um nível abaixo da “epidemia”. Vale lembrar que no sul da Flórida a temporada de gripe vai até april.

A boa notícia, segundo as autoridades de saúde no sul da Flórida, é que este vírus o H3N2 não é tão severo como outros que já atacaram a região em anos anteriores e, pelo diagnóstico dos médicos, não permanece por muitos tempo no corpo. O que faz com que as vítimas se recuperem rapidamente.

Normalmente, a temporada de gripe chega ao sul da Flórida no final de janeiro. No entanto, os números apontam que desde meados de dezembro as salas de emergências têm visto que de 5 a 7 por cento das pessoas que procuram o serviço apresentam sintomas de gripe. Em outros anos o número ficava em no máximo três por cento.

Os hospitais e médicos ainda guardam màs lembranças da crise da gripe H1N1 em 2009 e 2010, mas não veem nessa nova temporada de gripe nada semelhante ao que aconteceu na época. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças divulgou que o estado, este ano, já está entre os 29 mais afetados pela chegada prematura do vírus entre adultos e crianças.

Autoridades de saúde, no entanto, pedem à população para que não entre em pânico e, principalmente, para que não tome por conta própria o antiviral Tamiflu. Remédios como esse tem efeitos colaterais e devem ser tomados somente se prescritos por um médico.

O Tamiflu só faz efeito se tomado nas primeiras 48 horas após o aparecimento dos sintomas. Mesmo assim, garantem os médicos, somente pacientes muito vulneráveis e que tem histórico de outras doenças que podem complicar o quadro clínico são aconselhadas a tomar o Tamiflu. Os demais pacientes, que dispõem de boa saúde antes da chegada do vírus, devem dar preferência a medicamentos mais simples comprados sem receita.

A principal indicação ainda é lavar as mãos constantemente para não espalhar a doença, beber muita água, descansar, tomar medicamentos somente para os sintomas como febre e dores pelo corpo. Se caso os sintomas não melhorarem em 48 horas é aconselhável procurar um médico. Para quem ainda não está doente, uma maneira de evitar a chegada da gripe é tomar a vacina disponibilizada em todas as farmácias da região e mini-clinicas.