Tormenta tropical Alberto se dirige para o centro da Flórida

0
676

Depois de causar danos em Cuba, a tromenta tropical segue para o centro da Flórida.

Com ventos de no máximo 50 milhas por hora (85 quilômetros por hora), a tormenta tropical Alberto – a primera da temporada de furacões 2006 – vem dirigindo-se nesta segunda-feira para o centro do estado da Flórida, deixando muitas inundações em Cuba causadas pelo vento e pelas fortes chuvas.

A tormenta tropical Alberto formou-se no domingo(11) a partir de uma depressão tropical a leste do Golfo do México. Doze horas depois de formada tinha ventos máximos de 72 quilômetros por hora (45 milhas por hora), divulgou o Centro Nacional de Furacões (CNH) de Miami.

Os locais mais atingidos em Cuba foram os da província de Pinar del Rio, mas a Defesa Civil decretou estado de alerta tambémm para Havana e o Ministério da Saúde comunicou todos os hospitais da província para manter os serviços essenciais de saúde diante de qualquer contingência.

Às 7 da manhã desta segunda-feira(12), o CNH informou que a tormenta se dirige ao noroeste do Golfo do México e que o olho da tormenta estava localizado perto da latitude 26,7 ao norte, longitude 87 a oeste, cerca de 240 milhas (390 quilômetros) a sul-sudoeste de Apalachicola e cerca de 295 milhas (475 quilômetros) a sudoeste de Cedar Key, no estado da Flórida. Alberto move-se a uma velocidade de 8 milhas por hora (13 quilômetros) e espera-se uma mudança para o nordeste nas próximas 24 horas. O CNH acrescentou que a tormenta pode fortalecer-se entre segunda e terça-feira.

Temporada ativa 2006 – Os meteorologistas do CNH acreditam que durante a temporada de furacões do Atlântico em 2006 (de 1º de junho a 30 de novembro) podem surgir 16 tormentas tropicais, e seis delas se converterão em poderosos furacões. Entretanto, os especialistas prevêem uma temporada mais fraca de furacões em relação a 2005.