Town Center proíbe memorial às vítimas do crime no estacionamento

0
557

Homenagem está, agora, na Igreja Católica (foto). Mall de Boca Raton passou a oferecer serviço de valet gratuito a clientes com crianças.

O assassinato de mãe e filha no Town Center de Boca Raton, em dezembro do ano passado, ficará por muito tempo na memória dos moradores, mas não poderá mais ser lembrado através de um memorial naquele local. Amigos das vítimas colocaram duas cruzes na entrada do shopping – perto da Sears, onde Nancy Bochicchio e a filha dela, Joey, foram mortas –, mas os donos da propriedade retiraram a homenagem. Para compensar e também por medida de segurança, resolveram oferecer aos consumidores um serviço gratuito de valet parking.

“Eles não entraram em contato com os diretores do Mall para discutir a possibilidade de um memorial na propriedade. Nós teríamos dito que isso não seria possível, pois isso implicaria em permitir qualquer manifestação de pessoas ou grupos, independentemente da mensagem de cada um, o que é inviável”, disse Billie Scott, porta-voz do Town Center. O Mall, que pertence ao Simon Property Group, está sendo processado pela família Bochicchio por falhar em garantir a segurança aos clientes.

Nancy e Joey foram encontradas no estacionamento do shopping, na manhã do dia 14 de dezembro, dentro do carro. As duas provavelmente foram assassinadas na noite anterior, depois das compras de Natal, e antes dos tiros foram obrigadas a passar ainda por um caixa eletrônico para sacar dinheiro. “Fico triste por terem retirado a homenagem. Este seria um ato que Nancy faria para outras pessoas”, lamentou Jessica Jacobson, que colocou as duas cruzes na entrada do Mall. Ela teve o cuidado de colocar também um ursinho de pelúcia, para lembrar que uma das vítimas era criança. Um outro memorial já foi colocado na Igreja Católica St. Jude.