Traficante colombiano preso em Roraima é suspeito de 250 homicídios

0
567

Um dos criminosos mais procurados do mundo, o colombiano Marcos de Jesús Figueroa García, conhecido como Marquitos Figueroa, foi preso nesta quarta-feira (22) em ação conjunta da Polícia Federal e da Polícia Nacional da Colômbia em Boa Vista, Roraima. O grupo liderado por Marquito é suspeito de ter praticado 250 homicídios. Entre as vítimas, há autoridades colombianas, como juizes, promotores e políticos.

De acordo com a Polícia Federal, Figueroa era o criminoso mais procurado do país e havia cinco mandados de prisão contra ele, inclusive um da Interpol. O governo colombiano chegou a oferecer $250 mil pela sua captura. Segundo o adido policial da Colômbia no Brasil, Narcizo Martinez Cubillos, dois agentes da polícia colombiana se infiltraram no grupo criminoso de Figueroa e, durante um ano, rastrearam as atividades do traficante.

“Isso permitiu ficar mais próximo a ele e nos permitiu estabelecer sua última morada, que foi em Boa Vista. Esse é um trabalho muito dispendioso e demorado e levou cerca de um ano”, disse Martínez.

Três carros de luxo e vários comprovantes bancários foram apreendidos na casa do suspeito. Os documentos vão servir de prova para investigações futuras de lavagem de dinheiro.

O policial disse que o suspeito entrou para o mundo do crime há mais de 25 anos, furtando veículos e contrabandeando gasolina, mercadoria e drogas da Venezuela. Segundo a polícia colombiana, Figueroa, que tem 47 anos, liderava o narcotráfico no norte da Colômbia e chefiava um grupo criminoso que atuava na fronteira do país com a Venezuela.