Turismo para os EUA não deve cair em julho

0
584

Alta do dólar ainda não influenciou na ida de brasileiros para os EUA

Ana Paula Franco

Quem pensa que a significativa alta do dólar vai mudar o destino do brasileiro nas férias de julho está muito enganado. O turismo para os Estados Unidos continua de vento em popa e, segundo especialistas do setor, isso se deve ao fato de os pacotes serem comprados com antecedência e devido às promoções de grandes empresas de turismo e companhias aéreas.

Segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Túlio Maciel, o impacto do câmbio nas decisões de viagem ocorre com certa defasagem. “A maior parte dos pacotes é comprada antecipadamente, por isso, não se tem uma resposta imediata”, acrescenta.
A operadora de turismo da Flytour, Márcia Tonidandel, afirma que o mercado para os EUA ainda está pipocando. “Houve um recuo de viagens para Europa, pois, quando o dólar sobe, o euro vai na carona. As promoções estão atraentes, com câmbio a 1,99, parcelamento nos cartões sem juros. O brasileiro já está começando a pensar sobre os custos no exterior mas, nada que seja sentido agora para os Estados Unidos”, disse.

Segundo Marcia, os voos de Belo Horizonte para os EUA, por exemplo, via American Airlines e Copa Airlines estão com excelente ocupação, o que comprova que não houve retração para destino EUA. “Estamos vendo outros destinos americanos sendo distribuídos ou inaugurados pelas companhias aéreas”. Os destinos mais procurados continuam em alta: Nova York, Miami e Orlando.

Expectativa

A expectativa dos donos de restaurantes em Miami é boa. O proprietário do Kone Restaurante, localizado na Española Way em South Beach, Marcelo Cordeiro, está apostando que os meses de julho e agosto irão impulsionar as vendas. “Tivemos um mês de junho fraco, com muita instabilidade no tempo e a nossa aposta é que os brasileiros lotem o restaurante nas férias”, afirma. Para atrair a atenção do clientes, além de tornar o restaurante mais bonito e atraente, o empresário aposta no anúncio em blogs de turismo que estão em alta entre os turistas brasileiros.

Companhias aéreas com mais ofertas de voos entre Brasil e EUA

Os Estados Unidos receberam 1,791 milhão de turistas brasileiros em 2012 e a expectativa é receber 14% a mais este ano. De olho nesse crescimento, as companhias aéreas estão disponibilizando novos voos.

A Copa Airlines, por exemplo, inaugura, no próximo dia 10, nova rota que ligará a Cidade do Panamá a Boston partindo das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus, Porto Alegre, Brasília e Recife.

A Copa já está vendendo esse trecho há alguns meses e aposta na grande comunidade brasileira que vive em Boston, além das atrações para o turista, como roteiros gastronômico e de compras.”Boston possui um terminal moderno e bem localizado, conectado à rede de transporte público”, explica o gerente de marketing da Copa Airlines, durante o anúncio dos novos voos.

No caso da American Airlines, o Brasil será a maior operação da companhia na América Latina que irá lançar, até o final de 2013, voos entre Porto Alegre e Miami, com conexão em Miami e São Paulo a Los Angeles, segundo informações da AA. Atualmente, a American tem 18 voos diários do Brasil para os Estados Unidos.