Uso recreativo da maconha agora é legalizado em Nova York

0
566
Em todo o país, 17 estados já legalizaram a maconha de forma recreativa (foto: Wikimedia)
Em todo o país, 19 estados já legalizaram a maconha de forma recreativa (foto: Wikimedia)

Em 31 de março, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, assinou a lei que legaliza o uso recreativo de maconha em todo o estado. Nova York é o 15° estado onde isso ocorre em todo o país.

“Este tópico estava entre minhas prioridades na agenda do pronunciamento do estado deste ano e me orgulho que essas reforma atinja o objetivo de equilibrar as desigualdades sociais, garantir a segurança pública e combater impactos econômicos do uso adulto de maconha,” declarou Cuomo em comunicado de imprensa.

A nova legislação pretende arrecadar 13% em impostos, entre estado e localidades, além de um imposto específico ao THC, substancia responsável pela sensação causada pelo consumo da maconha. A idéia era de aprovar a lei antes do fechamento do orçamento anual, com data final para o dia 1° de abril.

Com a arrecadação de impostos derivados da comercialização da maconha, o governo pretende estabelecer linhas de crédito a fim de auxiliar agricultores afetados pela guerra contra as drogas.

Além do aspecto da arrecadação de impostos, a lei expurga os recordes criminais de milhares de pessoas, tem como objetivo investir até 40% da renda arrecadada em projetos sociais, e vai emitir cerca de 50% das licenças de comercialização para grupos comprometidos com justiça social e pequenos negócios.

“Meu objetivo em conduzir tal legislação sempre foi o de eliminar a desigualdade racial em policiamento da proibição de maconha que sempre trouxe tanto ônus às comunidades de cor por todo o nosso estado e utilizar os recursos econômicos provindos da legislação para ajudar a curar e reparar as mesmas comunidades,” declarou a senadora Liz Krueger, que introduziu a proposta de legislação, juntamente com porta-voz da maioria democrata na assembléia legislativa, Crystal Peoples-Stokes.

Apesar da legislação refletir o interesse político da maioria na legislatura estadual, alguns grupos conservadores do estado expressaram desaprovação:

“Absolutamente uma palhaçada! Várias pesquisas demonstram que será danosa às crianças, e tornará as estradas menos seguras,” declarou Kyle Belokopitsky, diretor executivo da Associação de Pais e Mestres do Estado de Nova York (PTA–NY).

A lei permitirá localidades que desejam se excluir da legalização de maconha no estado.

Críticos da lei ainda afirmam que o governador apressou a passagem da lei a fim de desviar a atenção de seus próprios escândalos políticos. Cuomo atualmente está sob investigações após acusações de assédio sexual contra ele. Há também denúncias que o governo estadual tenha camuflado o número real de mortes em asilos no estado. Mais recentemente, a procuradora geral do estado, Letitia James, iniciou uma investigação para apurar uso de recursos públicos durante o processo de publicação da biografia de Andrew Cuomo no combate à pandemia.

Por fim, a legalização da planta entre em efeito imediatamente, mas vendas legalizadas são esperadas de iniciarem-se somente em um ou dois anos.


O Desfile Da Sereia Retorna a Coney Island em 2021

Calçadão da praia de Coney Island, onde ocorre o Desfile da Sereia (Mermaid Parade) (Foto: Sandra Colicino)
Calçadão da praia de Coney Island, onde ocorre o Desfile da Sereia (Mermaid Parade) (Foto: Sandra Colicino)

No dia 13 de abril, o jornal comunitário Brooklyn Paper anunciou em primeira mão o retorno do Mermaid Parede, o desfile da sereia, que ocorre todo ano próximo à praia de Coney Island em Nova York.

Segundo o website coneyisland.com, o objetivo do festival, que é um dos mais esperados festivais da temporada de verão na cidade, é de celebrar as figuras marítimas e de figuras mitológicas, enaltecer o espírito empreendedor dos artistas que participam do desfile, e vitalizar a região entre as avenidas Neptune e Mermaid em Coney Island.

No ano passado, assim como vários outros, o evento aconteceu online, devido à crise do corona vírus. Com a ausência do desfile e do parque temático de Coney Island, estima-se que os estabelecimentos de Coney Island, juntamente com o parque, tenham amargado um prejuízo de aproximadamente $100 milhões. 

O organizador do evento Dick Zigun, que faz parte do Coney Island USA, declarou ao Brooklyn Paper que estão observando as atualizações dos protocolos de COVID na cidade, a fim de ajustar o desfile para que acontece presencialmente em 2021.

“Precisamos prestar atenção no que todo mundo está prestando atenção, que são a taxa de infecção caindo e a taxa de vacinação aumentando”, declarou Zigun ao jornal.

A data inicial do evento seria 9 de junho, a frente do solstício de verão. Como os organizadores comunicaram a NYPD, o força policial de Nova York, responsável por emissão de autorizações para eventos, depois de outros eventos, esta irá buscar uma nova data a fim de que o evento ainda ocorra neste verão.


Polícia indicia homem carregando uma AK-47 na estação de metrô em Times Square

Fachada da estação de metrô em Times Square, onde um jovem de Ohio foi apreendido portando um AK-47 (Foto: Sandra Colicino)
Fachada da estação de metrô em Times Square, onde um jovem de Ohio foi apreendido portando um AK-47 (Foto: Sandra Colicino)

No dia 16 de abril, um homem de 18 anos, oriundo do estado de Ohio foi apreendido próximo a estação de metrô na região de Midtown em Manhattan, portando um rifle de guerra semiautomático AK-47 desarmado, juntamente com uma sacola de papel contendo cartuchos de munição.

O rapaz, identificado como Saadiq Teague, foi apreendido enquanto manipulava a arma quando foi observado por dois policiais dentro da estação de metrô. Momentos antes, Teague havia postado um video no Instagram, onde é visto carregando uma mochila, supostamente contendo o rifle, que pode ser visto no video.

No mês de março, o pai de Saadiq, Andrew Teague, morreu em um tiroteio com a policia em uma rodovia. Este havia sendo procurado por ataque físico desde de fevereiro. A polícia e o FBI ainda estão investigando porque Teague portava um arma de guerra em público.

Com relação à punição, Saadiq Teague foi indiciado por quatro acusações de porte ilegal de arma e uso ilegal de parafernália de entorpecentes, visto que o jovem também foi encontrado com um máscara de gás, utilizada para o consumo de maconha.

Em Nova York, onde as leis de obtenção e porte de armas estão entre as mais rígidas de todo o país, não se pode carregar uma arma em público a não ser que a licença tenha sido emitida na cidade onde está sendo carregada.

Portanto, este evento serve como alerta de que, mesmo um lugar com sérias leis de controle de armas, ainda está sujeito a violência envolvendo armas, devido à falta de legislação séria em nível nacional. ν