Vendas de imóveis crescem, animando mercados

0
695

Estados do sul do país, entre eles a Flórida, registraram crescimento de negócios na faixa de 9,7%

Boas e más notícias para o mercado imobiliário nos Estados Unidos. Se por um lado a venda de imóveis cresceu 4,7% em fevereiro, com a comercialização de 337 mil unidades no país, por outro o resultado representa o pior desempenho histórico do setor no mês, desde 1963. As estatísticas mostraram que as vendas tiveram grande impacto nos estados do sul (crescimento de 9,7%) e na costa oeste (6,6%), mas caíram drasticamente nos estados do meio-oeste e do nordeste americano (9,1% e 3,3%, respectivamente).
Os números surpreenderam os economistas, que esperavam quedas nos negócios para a faixa de 300 mil unidades. No entanto, muitos acreditam que ainda não é hora de comemorar a recuperação do setor, afinal as vendas ainda ficaram 40% abaixo na comparação com fevereiro do ano passado. O preço médio dos imóveis comercializados foi de 209 mil dólares – 18% a menos do que um ano atrás.
Pelos cálculos do governo federal, com os atuais números o mercado demoraria um ano para vender todas as novas unidades disponíveis e, com isso, se reestruturar. Os incentivos apresentados pela administração Obama incluem um crédito de oito mil dólares para os novos compradores, além de 75 bilhões de dólares para aliviar as prestações dos mutuários em foreclosure.