Vila Isabel é a grande campeã do Carnaval

0
886

Escola mostrou um enredo bem popular, sobre agricultura conquistou a o carnaval de 2013 do Rio de Janeiro

Unidos de Vila Isabel

Da redação com Radiobrás – Com acontece todos os anos o Carnaval brasileiro foi notícia no mundo inteiro. O desfile das escolas campeãs acontece neste fim de semana. No Rio de Janeiro, a campeã foi a Unidos de Vila Isabel, em São Paulo, a Mocidade Alegre arrematou seu 9º título.

Vila Isabel foi eleita pelo júri a campeã do Carnaval 2013 no Rio de Janeiro com a nota de 299,7 e só não obteve nota máxima nos quesitos Comissão de Frente (29,9) e Bateria (29,8). A escola que se apresentou no segundo dia de desfiles, na segunda-feira (11) e foi aclamada pelo público, que gritava “é campeã” das arquibancadas do Sambódromo da Avenida Marquês de Sapucaí. Em segundo lugar ficou a escola Beija-Flor com 299,4.

O samba enredo escolhido para o carnaval 2013 foi A Vila Canta o Brasil Celeiro do Mundo Água no Feijão, que Chegou mais Um da carnavalesca Rosa Magalhães. A escola uniu a cultura do samba à moda de viola do agricultor brasileiro para celebrar a grande festa da colheita, em uma homenagem ao homem do campo. No ano passado o enredo foi sobre Jorge Amado.
São Paulo

Este é o 9º título da escola, que homenageou subversão de valores. A Mocidade Alegre é uma escola do Bairro do Limão, na Zona Norte, e já foi campeã em 1971, 1972, 1973, 1980, 2004, 2007 e 2009, 2012 e 2013.

A campeã venceu com 268,9 pontos, por critério de desempate no quesito Enredo. Em segundo lugar ficou a escola Rosas de Ouro.
Este ano, a Mocidade Alegre veio com o enredo foi A Sedução Me Fez Provar, Me Entregar à Tentação… Da Versão Original, Qual Será o Final? mostrando que os pecados podem mudar o final de lendas e lavar ao céu. O “Poder de Sedução” era o título dado à comissão de frente da escola, acompanhada pelo abre-alas com 30 metros de comprimentos e 10 metros de largura.

Acidente

O incidente mais lamentável do carnaval 2013 foi a morte de quatro integrantes da escola de Sampa Sangue Jovem, em Santos, litoral paulista. Outras cinco ficaram feridas quando um carro alegórico da escola de samba tocou nos fios elétricos e pegou fogo na madrugada da terça-feira (12), durante o desfile do grupo especial da cidade.

As vítimas, três integrantes da escola que empurravam o carro e uma mulher que assistia ao desfile na calçada, morreram eletrocutadas. O fogo no carro começou por volta da 1h15, logo após a alegoria bater nos fios, já na dispersão. O Sambódromo ficou às escuras e os desfiles foram cancelados. Segundo os bombeiros, três integrantes da escola morreram no local, a expectadora foi socorrida mas não resistiu.

O enredo da escola deste ano falava sobre futebol como homenagem ao rei Pelé. Várias crianças estavam no carro alegórico incendiado.
O carnaval deste ano é o primeiro após uma grande reforma na passarela do samba de Santos. Prédios foram construídos para abrigar a imprensa e os camarotes.