Visa Waiver para Brasil traz trabalhos para a FL

0
397

Joel Stewart

Saiu um artigo recente no Miami Herald divulgando que o “Greater Miami Convention and Visitors Bureau” está promovendo a possibilidade do “Visa Waiver”.

O número de brasileiros vindo para os EUA dobrou desde 2005, e Miami virou a cidade mais beneficiada com mais de 634 mil brasileiros com gastos de $1,345 bilhão de dólares no ano passado. Estima-se que o número de brasileiros vindo para os EUA em 2016 alcançará 2,8 milhões!

Já há 36 países, incluindo a maioria de países europeus e outros como Brunei, Austrália e Coreia do Sul, que se qualificam, mas nenhum país latino-americano é considerado qualificado para o “Visa Waiver”.

Um problema para entrar no programa “Visa Waiver” depende de o país preencher condições específicas, tais como 97% aprovação de pedidos de vistos e um baixo nível de deportações.

Neste caso, o nível de aprovação de vistos nos consulados americanos no Brasil é de 95%, faltam portanto dois por cento. Também há um grande número de cidadãos brasileiros ilegais morando nos EUA com problemas de deportação e exclusão por serem ilegais ou terem cometido crimes.

Segundo o chefe do Consulado dos EUA em São Paulo, o número de pessoas aprovadas poderia ser mais alto, mas muitos comparecem nas entrevistas sem ter todos os documentos ou não conseguem levar os documentos necessários ao consulado.

Com tudo isso, é claro que a inclusão do Brasil no programa não depende somente de um acordo político mas, sim, da legalização da comunidade brasileira nos EUA e de um programa de educação para explicar melhor quais são os documentos necessários para serem levados aos consulados americanos no Brasil. Mesmo diante destes dificultadores, o governo pode conceder o status “Visa Waiver” para o Brasil e facilitar a vinda de mais visitantes brasileiros aos EUA.