Zinho é o novo técnico do Miami FC

0
538

Brasileiro quer o título da temporada 2008

O craque brasileiro Zinho, tetra-campeão pela seleção brasileira de futebol, é o novo técnico do Miami FC. Depois de duas temporadas como um dos principais jogadores da única equipe de futebol profissional da Flórida, o atleta de 40 anos e natural de Nova Iguaçu (RJ) realiza um de seus desejos, manifestados nos últimos tempos. “Estou feliz pela oportunidade. O Miami FC precisa pensar alto e queremos o título em 2008”, afirmou, confiante, o novo técnico.
Revelado nas categorias de base do Flamengo, Zinho iniciou sua carreira profissional em 1986, ao lado de Zico e outros. Como jogador, ganhou inúmeros títulos, como os campeonatos brasileiros de 1986, 1987 e 1992 (Flamengo), 1993 e 1994 (Palmeiras), além de Libertadores da América, Copa do Brasil e torneios regionais. Jogou ainda no Cruzeiro, no Japão e no Nova Iguaçu.
A seguir, os depoimentos de três craques brasileiros – e amigos – sobre a nova fase profissional de Zinho:

“Sem dúvida alguma, foi uma excelente contratação por parte do Miami FC e o Grupo Traffic está de parabéns por isso. Modestamente, sinto-me um pouco responsável por isso. Acho que minha chegada à seleção brasileira como técnico abriu as portas para uma geração de jogadores muito dedicados e capazes, que mereciam esta oportunidade faz algum tempo. O Zinho sempre foi excelente em tudo o que fez” – Dunga, técnico da seleção brasileira e capitão da equipe tetra-campeã.

“O Zinho é uma pessoa que tem muita credibilidade. Agora como treinador, sei que vai ter um futuro brilhante. Como jogador, ele sempre sabia o que estava acontecendo no campo e quando podia, participava nas conversas entre os técnicos e os jogadores, dando opiniões e mostrando o que estava indo mal no gramado” – Jorginho, auxiliar-técnico da seleção brasileira.

“Falar do Zinho é covardia porque eu o considero um irmão. Crescemos praticamente juntos e fomos campeões jogando pelo Flamengo e pela seleção brasileira. Tenho certeza de que ele será um grande treinador. Acho que para ser um bom técnico, você tem de ser amigo dos jogadores e isso o Zinho sabe fazer como ninguém” – Bebeto, ex-jogador de futebol e contemporâneo de Zinho no Flamengo e na seleção brasileira.