Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
7310
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Ludo Gardini, advogado com escritório em Pompano Beach (FL), telefone (855)337-8440.


Minha mãe possui o green card por ser casada com um americano. Tenho 23 anos e sou solteiro. Gostaria de saber se posso aguardar a aprovação do formulário I – 130 estando nos Estados Unidos?

Gardini – Você pode aguardar a aprovação do formulário em qualquer lugar. Se você decidir ficar indocumentado nos EUA, a petição I-130 não vai te proteger contra uma deportação. Essa petição também não dá direito de ficar nos EUA legalmente e não dá direito a nenhum tipo de documento e em aproximadamente sete anos quando você for fazer o green card será necessário um pedido de perdão.

Eu vim em 2006 e fui deportado da fronteira. Voltei em 2007, casei com uma americana em 2010 e tenho dois filhos americanos. Tenho alguma chance de me legalizar?

Gardini – NÃO. Pessoas que voltaram/entraram sem visto depois de uma deportação não tem direito a um perdão, a única opção baseada no seu casamento com uma cidadã seria passar o tempo necessário fora dos EUA para cumprir o castigo.

Tenho 23 anos, há 10 anos morei nos EUA e tinha green card por meio do meu pai.  Fiquei 11 meses morando nos EUA, mas por motivos familiares tive de retornar ao Brasil.  Hoje em dia não falo com meu pai, se eu tentasse retirar novamente meu green card, eu conseguiria sem o auxílio do meu pai?

Gardini – Você está há 10 anos no Brasil, a lei americana considera que você abandonou o seu green card por morar tanto tempo fora dos EUA, pois o green card é um documento de residência permanente dentro dos EUA, se a pessoa decide morar fora ela abandona a residência permanente e por consequência perde o green card. Seu pai pode aplicar novamente para você. Levaria aproximadamente sete anos para você receber o green card de novo caso você não se case.

Meu noivo tem 39 anos e está sendo adotado por um cidadão americano de 60 anos aqui no Brasil. Vamos nos casar no mês que vem.  Vi no site da imigração que ele tem direito ao pedido de green card mesmo sendo casado e maior de idade e eu como sua futura esposa também. Correto? É legal aguardarmos a conclusão do processo de green card morando nos EUA ou temos que esperar a conclusão aqui no Brasil?

Gardini – ERRADO, seu noivo não receberá o green card baseada nesta adoção, para o pai passar o green card para o filho/a adotivo/a o mesmo não pode ter 16 anos completos. E isso não dá o direito de esperar dentro dos EUA.

Estou namorando um americano há três anos. Moramos juntos no Brasil por mais de 2 anos. Há 4 meses ele voltou a morar nos EUA, pois arrumou um trabalho. Fui em Out17 para lá como turista e voltei em jan18. Vocês acham que o visto K1 seria o mais rápido mesmo para eu estar com ele? Ou melhor entrar como turista?

Gardini – São dois vistos diferentes. O visto de turista é para fazer turismo e caso você mude de ideia, você poderia casar com o seu namorado e fazer o green card nos EUA. O visto de K-1 é um visto de noiva e demora em torno de cinco meses para ser concedido e a pessoa tem que casar dentro de 90 dias a partir do momento que ela entra nos EUA.

Minha esposa tem tio, tia e prima vivendo legalmente nos Estados Unidos. É possível conseguir um visto permanente através deles? Ou eles teriam que solicitar para o meu sogro e caso ele consiga, fazer o mesmo processo para minha esposa?

Gardini – Tio, tia, prima não podem fazer aplicação para green card para sobrinhos e primos. A relação de família tem que ser direta, filhos, pais, irmãos e esposos.