Abel diz que queda na Libertadores causa lágrimas

0
630

A eliminação da Copa Libertadores com gol aos 45min da segunda etapa pegou o Fluminense de surpresa

Abel elogiou a postura da equipe durante todo o jogo no Engenhão e lembrou o desempenho de seus defensores antes do gol de Santiago Silva. Jogamos contra uma equipe difícil e não demos liberdade. Os meus zagueiros não perderam uma jogada, defendemos muito bem e mostramos o nível do nosso time, disse o técnico. Abel minimizou o erro do Flu no fim da partida e deu méritos ao rival argentino.

No finalzinho, em um momento de muita felicidade, o Boca conseguiu o gol. É lógico que isso causou lágrimas, mas temos que olhar para a frente, comentou.

Abel lembra os bons momentos da equipe nos últimos anos e destaca que o time deve seguir em frente. O Fluminense está disputando títulos a cada ano. O maior clássico do continente é Boca e Fluminense agora. O técnico do Boca foi um vencedor com cavalheirismo após a partida. Veio falar comigo e elogiou as dificuldades que eles tiveram para passar. Esse patamar e a certeza da capacidade do elenco são muito importantes, completou.

Com a decepção na Libertadores ainda na lembrança, o Fluminense volta todas as suas atenções para o Campeonato Brasileiro.