Agência de aviação americana investiga acidente aéreo em MT

0
529

Investigadores da FAA (a agência federal de aviação dos EUA) e da NTSB (agência de segurança em transporte americana) chegaram anteontem ao Rio de Janeiro para acompanhar a investigação do acidente envolvendo o Boeing da Gol e o Legacy.

Por meio de seu site, a NTSB divulgou uma nota sobre a vinda de três representantes da agência, além de outros investigadores da FAA. Na nota, a agência erra ao dizer que o acidente provocou a morte de 154 pessoas.

Ontem, Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, piloto e co-piloto do jato Legacy 600, teriam prestado novo depoimento na Aeronáutica, que não foi confirmado até a conclusão desta edição.

O primeiro depoimento aconteceu na segunda-feira Divisão de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (DIPAA), próximo ao Aeroporto Santos Dumont, no Rio.