Al-Qaeda alerta muçulmanos sobre Obama

0
476

“América está com novo rosto, mas com políticas iguais”, disse terrorista

De nada adiantaram as palavras conciliadoras do novo presidente americano, Barack Obama, que afirmou o desejo de reaproximar os Estados Unidos dos muçulmanos. Na cabeça de um dos principais líderes da Al-Qaeda, Ayman Al Zawahri, tudo não passa de teatro. Para ele, o líder da América está tentando ludibriar os muçulmanos com políticas iguais às de seu antecessor, George W. Bush. “A América veio até nós com um novo rosto, com o qual está tentando nos enganar. Ele está propondo mudanças, mas quer que abandonemos nossa religião e nossos direitos”, disse Zawahri, segundo homem na hierarquia da rede terrorista.

De acordo com ele, a eleição de Obama foi uma admissão do fracasso das políticas de Bush, mas o novo presidente “não mudou a imagem da América entre os muçulmanos. A América ainda está matando muçulmanos”, afirmou. Por outro lado, Obama prometeu continuar lutando contra o terrorismo, e para isso determinou o envio de reforços militar ao Afeganistão e ao Paquistão. Mas deixou claro que vai alterar as políticas de seu antecessor, o que inclui acabar com a guerra do Iraque.