Alimentos sobem 24,5% no ano

0
614

Órgão da ONU alerta para nova alta nos preços

Os alimentos estão, em média, 24,5% mais caros, se comparados aos preços do final de 2009. A alta no Índice de Preços de Alimentos, calculado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, órgão ligado à ONU), representa um novo recorde no índice global. Mas a entidade afirma que pode subir ainda mais.

O índice mede as mudanças mensais de preços para uma cesta de alimentos composta por cereais, oleaginosas, laticínios, carne e açúcar. O aumento previsto para 2011 será principalmente em relação aos grãos (milho e trigo, principalmente), já que as atuais condições climáticas são fonte de preocupação. Estamos monitorando a falta de chuva na Argentina e a onda de frio no Hemisfério Norte, disse Abdolreza Abbassian, o economista da FAO.