Aluguéis durante a Copa chegam a R$60 mil em SP

0
595

DA REDAÇÃO com IG – Alugar um apartamento para a Copa do Mundo no Brasil está muito mais caro que pagar a diária em algum hotel nas cidades-sede. Um quarto, segundo levantamento feito pelo site IG no site Airbnb, pode custar até R$ 60 mil por um período de um mês. É o anúncio com valor mais alto no site que oferece locação de quartos, casas e apartamentos para temporada – com anúncios apenas de pessoa física. 

Tudo depende do que o hóspede busca. O apartamento mais caro está localizado em Higienópolis, em São Paulo. A diária para um hóspede, que terá direito a um quarto e banheiro privativo, bem como acesso à piscina, sauna e academia, é de 1 mil euros por dia, e 1,2 mil euros o casal. Os anfitriões falam inglês, espanhol e húngaro. Três refeições por dia já estão inclusas no preço, além da internet de alta velocidade e TV. 

No Rio de Janeiro, é cobrado R$ 41 mil pelo aluguel do quarto em uma área superior de uma cobertura próxima ao estádio do Maracanã, e R$ 31,4 mil para quem quiser ficar em um quarto privado na favela da Rocinha, em um apartamento localizado em um pequeno prédio.
O valor pedido em alguns anúncios está muito acima do cobrado na média no período da Copa. O preço médio da diária (nacional), segundo o site, é de R$ 170, o que no mês soma R$ 5,1 mil – quase 12 vezes mais do que o cobrado pelo quarto do bairro paulistano de Higienópolis. 

Um levantamento no site aponta que o turista está disposto a pagar mais por conta da Copa, mas não muito. O preço médio para anúncios de um quarto de casal reservado em março, por exemplo, foi de R$ 140 no site, uma diferença de apenas R$ 30 se compararmos com a média de reserva durante a Copa.