Ana Hickmann comanda o Tudo É Possível da TV Record

0
677

A gaúcha mostrou que é tão boa apresentadora quanto era como modelo

A apresentadora do Tudo é Possível, Ana Hickmann, nasceu em 1981 em Santa Cruz do Sul (RS) Ana chegou em São Paulo em 1996 junto com algumas amigas para uma seleção, na extinta agência Metropolitan. Alguns meses depois conheceu Alexandre Correa, que a convenceu a mudar de agência, indo parar na agência Mega a convite de Eli e Gustavo Vicenzotto.

No ano de 1997, Ana começa a despontar no mercado nacional com aparições em capas das principais revistas, neste mesmo ano faz sua primeira participação no Morumbifashion. Em 1998 faz sua primeira viagem internacional morando em Paris por um ano, fez diversos desfiles internacionais entre eles: Armani, Kenzo, Emanuel Ungaro, Yojhi Yamamoto, Thierry Mugler. Neste mesmo ano faz sua primeira campanha mundial para a Wella e para a fragrância da marca esportiva alemã Adidas.

Em 1999 Ana muda para New York, já em março deste ano fez campanhas internacionais para Nivea e Neiman Marcus. Em 2000 começam os primeiros editorias americanos, Ana se torna definitivamente uma modelo comercial sendo comparada a tops famosas como Niki Taylor e Rebecca Romins Stamos, ambas ícones da moda.

Em 2001 começa o ano fazendo seu primeiro editorial para a revista européias, conquistando o mercado italiano. Fez campanha para lingeries La Perla e é considerada pela GQ uma das dez mulheres mais bonitas do mundo. Fez campanha para L´oreal e assina um contrato milionário com a Schwarcopf & Henkel.

Em 2002, morando ainda em Nova York a modelo lava a alma e começa o ano fazendo Cosmopolitan com o top fotógrafo Patrick Demarchelier, Tatler com Pascal Chevalier e Arena com Walter Chin, dando início aos primeiros trabalhos com a internacional Victoria’s Secret.

Faz editoriais para GQ russa e espanhola, faz campanha para LG celulares com veiculação em toda Europa e transforma-se na nova “Blond” da Victoria´s Secrets, fazendo o principal filme Very Sexy da marca de lingeries. Neste último semestre fez editorial para GQ americana, sendo chamada de capa na edição Men of The Year e fez Vogue Itália com Sante Dorazio.

No Brasil, Ana é mais que uma modelo, é uma celebridade. Fez campanhas para Valisére, Cia Marítima, Ellus, Cori, Vizzano, entre outras, e foi considerada pela revista Vogue brasileira como uma das dez mulheres mais bonitas do país de todos os tempos.

Em 2004, foi contratada pela Rede Record de televisão, iniciando sua carreira televisiva com uma coluna sobre moda e estilo no programa Tudo a Ver e logo foi convidada a apresentar o programa matinal Hoje em Dia ao lado de Britto Junior e Eduardo Guedes.