Ano Novo e Sucesso

0
477

Maria Grosso

Ainda que janeiro pareça o momento mais apropriado para estabelecer metas e restaurar uma perspectiva positiva diante da vida, todos os dias têm o potencial de ser o início de algo completamente novo.

A expressão “fim-de-ano” nos convida à reflexão sobre tudo porque passamos durante os últimos doze meses, e por alguma razão de natureza humana, combinada com as influências sociais, à recordação de tudo que fizemos, todos os fracassos e momentos negativos que impediram o nosso progresso. Em meio a este estado mental, a solução mais adequada é a fazer alguma coisa, criar resoluções para o ano novo, metas para mudar os maus hábitos e incrementar nossa eficiência e nossa felicidade.

Entretanto, um estudo da Universidade de Bristol revelou que 88% das pessoas que fazem resoluções de ano novo fracassam no intento e não dão continuidade a elas passados seis meses. Esse fracasso se deve a uma falta de entendimento sobre os princípios básicos para estabelecer metas.

Os hábitos compõem-se de três partes: um sinal ou estímulo que serve como lembrança, a ação e a recompensa. Por isso, uma das formas mais eficazes de criar um bom hábito é criar um ambiente que o estimule com reforços afirmativos, em vez de castigos, já que este garante que a ação esteja associada com os receptores positivos do cérebro e assim postos em prática.

Empreender um caminho em direção a um destino não requer que você seja realista, mas requer que você tenha ideias claras e concretas de forma a que possa visualizá-las. Praticar a meditação e mecanismos diários de visualização das ideias propostas ajuda a estimular a área do seu subconsciente que encontra soluções grandes para pequenos problemas. Abordar a mudança necessária desta forma maneira facilita o processo de encontrar o caminho mais adequada até a meta.

Todas as mudanças começam em você mesmo, com suas decisões. Você pode ter os maiores sonhos do mundo, mas a não ser que você trabalhe para realizá-los eles nunca se tornarão verdadeiros. A criatividade, o autocontrole e o otimismo são recursos ilimitados sempre à nossa disposição, e praticá-los com convicção é a chave para o sucesso na vida. Como diz Joan Manuel Serrat, “Hoje pode ser um grande dia, faça com o que assim seja.”.