Anunciado plano para um milhão de residentes permanentes obterem cidadania

0
430

O Caucus Hispano, juntamente com organizações de defesa dos direitos dos imigrantes, anunciou um plano no qual um milhão de residentes permanentes consigam a cidadania americana em um ano.

Joe Baca, presidente da organização, compareceu ao Senado acompanhado de Luis Gutiérrez, deputado por Illinois e diretor do Caucus Hispano, para anunciar campanhas maciças em todo o país com o objetivo de acelerar o processo para que os residentes permanentes se convertam em cidadãos americanos.

Cerca de 45 milhões de pessoas, 15 por cento da população dos EUA, é de origem hispânica, e atualmente há oito milhões de residentes permanentes, a metade deles latinos, que foram declarados elegíveis para solicitar a cidadania. Mas as novas tarifas do processo de naturalização, que aumentaram de 330 para 595 dólares no final de julho, estão dificultando o registro.

A campanha destina-se a todos aqueles residentes permanentes que não tenham quebrado a lei, que tenham trabalhado duro e que tenham pago seus impostos. “A cidadania outorga o direito ao voto; é preciso dar este passo para participar de forma completa do estilo de vida americano e deixar para trás qualquer medo”, acrescentou em relação às prisões que continuam sendo realizadas contra imigrantes indocumentados.

Gutiérrez recordou que a naturalização é “a melhor solução” para que a comunidade imigrante desempenhe um papel fundamental no panorama político americana e destacou ser preciso tornar realidade o lema: “ontem marchamos, hoje votamos”. O parlamentar afirmou, ainda, que os portadores dos “cartões verdes” têm todas as responsabilidades de um cidadão americano, mas não todos seus direitos, por isto a naturalização é um passo fundamental para que sua voz influa no Congresso.

Aliás, o número de naturalizações aumentou 71% entre janeiro e julho de 2007, em comparação ao mesmo período do ano passado.