Autores brasileiros participam da Miami Book Fair

0
705

Uma noite para celebrar a culinária a música e a literatura brasileira, com os autores da Miami Book Fair!

O Centro Cultural Brasil-USA convida todos os brasileiros a prestigiar o jantar do Taste of Brazil em honra dos escritores brasileiros Martha Medeiros e Ricardo Cravo Albim que foram convidados a lançar seus livros neste evento literário.

Além de poder conversar com os escritores, os convidados podem saborear deliciosos pratos típicos do Amazonas, Bahia e Rio, executados sob supervisão da chef Deborah Rosalem.

O evento está programado para este sábado, 19 de novembro em 2011, às 7h30 da noite no Indigo Restaurant, no Intercontinental Hotel (100 Chopin Plaza, Miami). O evento custa $45 e inclui taxa e gorjeta. As bebidas são cobradas à parte.

Ana Maria Gonçalves e Mary Del Priore são duas escritoras brasileiras, premiadas com importantes prêmios nacionais e internacionais, que estarão na Feira Internacional do Livro de Miami, no sábado, dia 20 de novembro às 10 horas., numa mesa de discussão moderada pelo Dr. Steven Butterman, professor associado do Departamento de Línguas e Literaturas, e diretor do Departamento de Português da Universidade de Miami.

Ana Maria Gonçalves nasceu em Ibiá, MG, em 1970. Seu segundo livro, Um defeito de cor, que teve um grande impacto no Brasil, conta a fascinante história de Kehinde, a menina africana vendida como escrava na Bahia. O livro é uma imersão no Brasil escravagista, magistralmente reconstruído, através da brilhante prosa de Ana Maria Gonçalves. Um defeito de cor recebeu, em 2007, o importante prêmio literário Casa de las Américas. Ana Maria Gonçalves vive em Nova Orleans.

Mary Del Priore é natural do Rio de Janeiro e autora de 28 livros sobre história do Brasil, muitos deles best-sellers. Ela tem um doutorado em História na Universidade de São Paulo e duas pós-graduações na École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Mary Del Priore recebeu importantes prêmios, dentre eles, o Jabuti, o Casa Grande & Senzala, o Ars Latina, e o prêmio da Associação de Críticos de São Paulo.