Azul deve voar do Brasil para os EUA a partir do início do ano que vem

0
1186

Companhia aérea começa a voar com jatos Airbus A330, ligando Campinas a Miami ou Fort Lauderdale. A partir de 2017 a rota vai receber também o supermoderno Airbus A350XWB

A Azul vai começar a fazer voos internacionais, com rotas para os Estados Unidos até o início do ano que vem. A companhia deve iniciar voos internacionais a partir de Campinas no primeiro trimestre de 2015, utilizando 11 jatos grandes de dois corredores. Inicialmente serão usados seis Airbus A330 e a partir de 2017 a rota receberá os novíssimos Airbus A350XWB, o mais novo modelo da fabricante europeia, com lançamento previsto para o meio do ano, informou o webiste www.melhoresdestinos.com.br.

No anúncio oficial de hoje, a companhia não informou quais serão os destinos no Estados Unidos, mas os mais cotados são Miami/FortLauderdale, Orlando e Nova York. A notícia foi antecipada por vários veículos de Imprensa de madrugada, especialmente a agência Reuters. No início do mês, a negociação da Azul com Airbus e Boeing para início dos voos internacionais foi publicadana revista digital Melhores Destinos, com base em informações da imprensa internacional.

Os A330-200 serão entregues ainda neste ano, arrendados da ILFC e equipados com motores Rolls-Royce. Como o início dos voos internacionais se dará somente no primeiro trimestre de 2015, a companhia poderá usar os jatos em rotas nacionais ou voos charter.
Os cinco A350-900 já foram encomendados e devem ser entregues pela Airbus em 2017. A expectativa é que o modelo rivalize com o Boeing 787 Dreamliner, que tem o mesmo porte, pelo posto de aeronave comercial mais avançada do mundo.

O padrão de configuração das novas aeronaves prevê três classes de serviço. No caso dos A330-200, a companhia deverá manter as configurações atuais. Gradativamente, os interiores receberão um novo pacote de melhorias, que incluirá uma total remodelagem, de maneira a oferecer novos sistemas de entretenimento.

Já os A350-900 deixarão a fábrica em Toulouse, na França, equipados com a configuração a ser escolhida pela Azul. “Ao somarmos a enorme capacidade e a vasta gama de opções que essas aeronaves oferecem com o jeito Azul de ser e de fazer, estamos confiantes de que mudaremos o conceito de viagem internacional para os brasileiros”, afirmou David Neeleman, CEO da Azul.

O aeroporto de Campinas é o principal centro de operações da Azul no Brasil, de onde ela tem partidas para dezenas de cidades. Vale lembrar que após a compra da Trip a companhia passou a ter a maior malha aérea nacional, com 104 destinos no Brasil. Além disso, a companhia assinou contrato com a United, que poderá ser usado para aumentar o número de destinos americanos à disposição de seus passageiros.

Atualmente, a única empresa aérea brasileira a operar aviões de dois corredores é a TAM. Recentemente a frota da Azul ultrapassou a da GOL, com este anúncio, a Azul que já opera mais destinos e que tem mais voos domésticos que TAM e GOL, vai caminhando para se tornar a maior empresa aérea brasileira.

Fonte: Melhores Destinos – www.melhoresdestinos.com.br