Bin Laden planejava novos ataques aos EUA

0
433

Forças americanas encontram diário do líder da Al Qaeda com importantes informações

Na operação ‘Geronimo’ no Paquistão, no dia 1º de maio, as forças americanas não apenas eliminaram o homem mais procurado do planeta como podem ter inibido ataques ao seu território. Isso porque, no esconderijo de Osama Bin Laden, foram encontrados relatos do terrorista em que ele incentivava seus seguidores a praticar novos e diferentes atentados aos Estados Unidos.

Bin Laden, pelo que disseram os especialistas, estava sentindo o enfraquecimento de sua organização e pressionava os terroristas a encontrar novas maneiras de atacar a América. Ataquem pequenas cidades. Acertem tanto trens como aviões, sugeriu Bin Laden em determinado trecho do diário, acrescentando que o importante é matar tantos americanos quanto possível em um único ataque”.
Segundo os militares americanos, Bin Laden nunca perdeu o controle da sua organização internacional. Seu diário pessoal e a grande quantidade de arquivos de computador revelam que sua mão estava em cada ameaça recente da rede terrorista, incluindo os planos de ataque na Europa no ano passado que deixaram turistas e embaixadas em alerta.

Mas engana-se quem pensa que o país agora está livre do terrorismo. A maior preocupação das autoridades está no tipo de atentado planejado por um único indivíduo que o FBI e o Departamento de Segurança dos EUA chamam de ‘lobo solitário’. Essas pessoas seguem a ideologia da Al Qaeda e já estão infiltrados na nossa sociedade”, disse o informe da polícia federal americana.