Boletim da Copa 2014

0
496

Quer pagar quanto pelo ingresso da final da Copa?

Tickets
Fifa ressalta que a única forma legítima de obter ingressos é pelo site oficial da entidade

Quanto vale assistir à final da Copa do Mundo no dia 13 de julho no melhor lugar nas arquibancadas do Maracanã? Segundo a Fifa, R$ 1.980 seriam suficientes para uma experiência como essa.

Mas para alguns torcedores, tal privilégio – o de ter obtido o ingresso oficial – pode valer pelo menos cinco vezes esse valor. Ou quanto o “mercado paralelo” da Copa permitir.

A Fifa proíbe a revenda de ingressos do Mundial e, de acordo com o Estatuto do Torcedor (lei federal 10.671), “vender ou fornecer ingresso por um preço superior ao indicado no bilhete” é crime. Ainda assim – e apesar de ainda haver ingressos oficiais disponíveis, pelo menos para jogos menos procurados da fase de grupos – , não é preciso muito esforço para encontrar milhares de pessoas negociando entradas para jogos da Copa pelas redes sociais. E, na maioria das vezes, os preços “padrão Fifa” são ignorados.

“Brasil e Camarões. Próximo ao gramado. Inteira. Apenas 1 ingresso. Categoria 3. R$ 2 mil, anuncia um dos “vendedores” em um grupo fechado no Facebook com quase 10 mil pessoas. O ingresso oferecido – jogo de primeira fase da segunda categoria mais barata – custou R$ 180 pelo site da Fifa, único canal oficial de venda de ingressos do Mundial. O valor pedido – mais de 10 vezes o preço impresso no ingresso – é um reflexo do “leilão” da Copa nas redes sociais. Entender como funciona é simples: quem dá mais, leva.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia do Consumidor (Decon), está empenhada em inibir o comércio de ingressos do Mundial e criou a “Operação Torcedor” justamente para investigar os cambistas. Para combater o problema, a Polícia tem adotado ações de inteligência e monitoramento, inclusive em redes sociais, para localizar os “torcedores-cambistas”.