Brasil é o terceiro país preferido dos investidores no mundo

0
643

Empresas multinacionais apostam em uma alta importante no fluxo para emergentes

O Brasil já é o terceiro destino favorito de multinacionais que planejam realizar investimentos até 2012. Pela primeira vez na história, o País está à frente dos Estados Unidos e de toda a Europa na lista dos Investimentos Diretos Estrangeiros (IDE), segundo a Organização das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento (Unctad). A pesquisa da ONU é feita anualmente com 236 empresas multinacionais e 116 agências de promoção de investimentos pelo mundo.

Também é a primeira vez desde que o levantamento começou a ser feito, há dez anos, que os quatro países emergentes – os chamados Bric (Brasil, Rússia, India e China) – estão entre os cinco locais preferidos pelo setor privado para investir. O Brasil se destacou por um interesse cada vez maior das multinacionais pela produção de matérias-primas (commodities) e pelo mercado doméstico brasileiro.

A ONU estima que os investimentos das multinacionais devem ficar acima de um trilhão de dólares em 2010, mas deve crescer em 2011 e 2012, graças aos emergentes. Mais de 100 multinacionais apontaram a China como prioridade – 70 empresas votaram na Índia e em seus investimentos. Em segundo lugar vem a Índia, com 75 empresas apostando em seu potencial, enquanto o Brasil recebeu o voto de confiança de 70 organizações.

“O resultado da pesquisa mostra a atratividade dos países em desenvolvimento e que essas empresas estão confirmando os mercados emergentes como prioridade, em detrimento dos países desenvolvidos”, afirma a Unctad em seu relatório, acrescentando que as regiões em desenvolvimento se mostraram mais resistentes a crise que os países desenvolvidos.