Brasil é “promovido”

0
440

Somos o primeiro país a receber grau de investimento após crise, num sinal de que a economia vai bem

O melhor sinal de que a economia brasileira está no caminho certo foi dado pela agência de classificação de risco Moody’s, que ao elevar o nível de grau de investimento emite a chancela de que o país é, em outras palavras, um bom pagador no mercado internacional. Nenhuma outra nação havia recebido esta “promoção” desde o início da crise econômica, há quase dois anos.

Trocando em miúdos, a agência assevera que o Brasil pode receber recursos de grandes fundos internacionais. “A elevação reflete o reconhecimento pela Moody’s de que a capacidade de absorção de choques, incluindo a capacidade de resposta das autoridades, aponta para uma melhora significativa do perfil de crédito” afirma Mauro Leos, analista-chefe para o Brasil da Moody’s, que destacou que o Brasil pode se considerar “vencedor” da crise.

Há cerca de um ano, o país já havia recebido boa recomendação de outras agências de investimento – a Standard & Poor’s e a Fitch, que também promoveram o Brasil a grau de investimento, em abril e maio de 2008, respectivamente.