Brasil, primeira parada do presidente eleito do Peru

0
521

Ollanta Humala reuniu-se com a presidenta brasileira em Brasília

O futuro presidente do Peru, Ollanta Humala, reuniu-se nesta quinta-feira em Brasília com a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, no início de um giro regional que, além do Brasil, inclui Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile. Dilma foi a primeira chefe de Estado a convidá-lo para uma visita, após cumprimentá-lo por telefone por sua vitória no segundo turno das eleições presidenciais peruanas.

Humala, que venceu o segundo turno das eleições presidenciais do Peru do último domingo, fica dois dias no Brasil. Além do encontro com Dilma, em Brasília mantém reuniões com diplomatas brasileiros. São Paulo está em seu roteiro, onde encontra-se com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem apontou como modelo a ser seguido na América Latina.

O governante declarou após a eleição que suas duas prioridades em política externa são a Comunidade Andina de Nações (CAN), grupo que o Peru integra juntamente com Bolívia, Equador e Colômbia, e a União de Nações Sul-americanas (Unasul), aliança que reúne todo o continente sul.

Queremos ir aos países do Mercosul e também preciso visitar os Estados Unidos. Tomara que possa fazer essa viagem em breve. Gostaria de entrar em contato com o governo americano, afirmou o novo mandatário.

O ex-militar de esquerda de 48 anos comandará o Peru até 2016 e tranquilizou o mercado em relação ao seu modo de governar. Ele também expressou o desejo de que os presidentes da região possam estar presentes na cerimônia de posse, marcada para o dia 28 de julho, em Lima.