Brasil terá o seu trem-bala

0
524

Está previsto para o segundo semestre deste ano o leilão para garantir a concessão do projeto do trem-bala no Brasil. O governo brasileiro está sendo procurado por delegações de governos e empresas de seis países que têm interesse em participar do projeto, entre elas da Coréia do Sul, Japão, Alemanha, França, Itália e China, que já utilizam o sistema.

A previsão é que o trem-bala possa operar a partir de 2015, transformando o Brasil no primeiro país das Américas a entrar no seleto grupo das nações que dispõem desta tecnologia. A princípio a novidade seria introduzida entre os estados do Rio de Janeiro e São Paulo e a viagem (403 km) poderia ser feita em uma hora e 25 minutos. Os trens-balas podem alcançar mais de 300 km/hora.

Autoridades do governo acreditam que a tecnologia que vier a ser desenvolvida poderá ser aproveitada em futuros projetos de trens rápidos para passageiros, que ainda estão sendo analisados, como uma eventual conexão São Paulo-Belo Horizonte e São Paulo-Curitiba.