Brasil vence Olimpíada de Matemática no Panamá

0
415

Da Redação com UOL – O Brasil conquistou o primeiro lugar na 28ª Olimpíada Ibero-Americana de Matemática (OIM), realizada no Panamá em setembro. Desde 1985, ano em que iniciou a participação no evento, o Brasil é o país com maior número de medalhas na competição, um total de 101 medalhas, sendo 51 de ouro, 39 de prata e 11 de bronze.

Na 28ª edição da competição, os estudantes brasileiros Rodrigo Sanches Ângelo, de São Paulo, conquistou a medalha de ouro ao conseguir 42 pontos; Franco Matheus de Alencar Severo, do Rio de Janeiro, Victor Oliveira Reis, de Pernambuco, e Rafael Kazuhiro Miyazaki, de São Paulo, obtiveram a prata com 41, 40 e 35 pontos respectivamente. Participaram do evento 78 jovens com idades entre 13 e 18 anos de 20 países da América Latina, Portugal e Espanha.

Com esse resultado, a equipe brasileira garantiu, pelo segundo ano consecutivo, a primeira posição na classificação geral por países, com 158 pontos, seguido de Portugal, que obteve 154 pontos, e México, com 153 pontos. O time brasileiro foi liderado pelos professores Eduardo Wagner, do Rio de Janeiro, e Pablo Rodrigo Ganassim, de São Paulo.

As provas, realizadas de forma individual nos dias 24 e 25 de setembro, eram compostas por problemas que abrangem as disciplinas de álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória. Foram três problemas a cada dia, com valor de sete pontos cada, aplicados em quatro horas e meia. A 29ª edição da OIM terá como sede Honduras.