Brasileira acusada de sequestrar a filha é liberada pela Justiça

0
446


Karla Janine Albuquerque e a filha Amy

Da Redação com G1 – A Justiça norte-americana determinou que a pernambucanaKarla Janine Albuquerque, de 43 anos, presa desde 16 de janeiro, responda o processo em liberdade. Ela foi liberada na sexta-feira (7) após a corte americana atender a um pedido feito pelo Consulado Brasileiro em Miami (Flórida). A informação foi divulgada, na terça-feira (11), pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE), que acompanham o caso.

Ela foi presa no Texas porque descumpriu uma ordem judicial que exigia que a brasileira notificasse seu endereço à Justiça. Karla e a filha Amy moravam na Flórida mas, há dois anos, a brasileira resolveu fugir com medo que o ex-marido, que havia conseguido na Justiça o direito de ver a filha.

A brasileira acusa o ex-marido, o norte-americano Patrick Joseph Galvin, de 53 anos, de ter cometido crime sexual contra a filha deles, de apenas 6 anos. Após a prisão da mãe, Amy foi enviada a um abrigo mantido por uma família cadastrada junto ao Department of Children and Families (DCF), departamento semelhante ao conselho tutelar no Brasil. As duas teriam tido poucos encontros desde a prisão e sempre monitoradas.

Em 31 de janeiro, o Itamaraty concedeu cidadania brasileira à garota. O documento deve facilitar o acesso da representação diplomática à criança. Uma nova audiência, marcada para 26 de março, vai tratar da situação da garota. O Itamaraty afirmou ainda não ter o cronograma das audiências que vão avaliar o processo da brasileira.