Brasileiro acusado de estupro na Califórnia

0
800

Coreógrafo carioca Alex da Silva participa de programa de televisão e é considerado uma celebridade

Mais um brasileiro às voltas com a lei nos Estados Unidos. Desta vez, a polícia de Los Angeles (Califórnia) está investigando se o coreógrafo carioca Alex da Silva, que inclusive participa de um programa de televisão, é culpado da acusação de estupro (sexual assault). Ele já está preso, sob fiança de 3,8 milhões de dólares e a audiência está marcada para amanhã, dia 7 de abril.
Alex, de 41 anos, participa do programa ‘So You Think You Can Dance’ (algo como ‘Então você acha que sabe dançar’), transmitido pela Fox Network em cadeia nacional e para diversos outros países. Em seu currículo, o brasileiro se orgulha de ter ensinado grandes estrelas de Hollywood a dançar, entre elas Jennifer Lopez, Will Smith e Salma Hayek. O instrutor de dança está na América há cerca de 10 anos.
As investigações preliminares mostram que os crimes teriam sido cometidos entre 2003 e 2008, mas a polícia acredita que há mais vítimas. De acordo com os depoimentos, Alex atraía as mulheres até a sua casa, em North Hollywood, e as forçava a praticar o ato sexual sem consentimento. No final do ano passado, a vítima resolveu denunciar o ocorrido, o que acabou motivando o aparecimento dos outros três casos anteriores, que por alguma razão não tinham sido levados adiantes. “Nós temos quase certeza de que há outras vítimas e esperamos que elas apareçam”, afirmou o detetive da Polícia de Los Angeles.