Brasileiro de Broward é vice em torneio de raquetebol

0
623

Mauro Barbosa se destaca no 2009 French Open

Em janeiro, a pequena e bela cidade de Nanterre, nos arredores de Paris, sediou um dos principais torneios internacionais de raquetebol, o 2009 French Open. E o atleta brasileiro Mauro Barroca Barbosa, que mora no sul da Flórida, fez bonito: mesmo com competidores de países com muito mais tradição no esporte, o carioca conquistou o segundo lugar, perdendo na final para o francês Phillipe Lecomte.

Mauro é um ex-tenista com passagens pela equipe da AABB, Flamengo e Florida Atlantic University, pois veio estudar e competir por esta instituição americana. Há pouco mais de três anos, ele trocou o tênis pelo raquetebol e os resultados não tardaram a aparecer.

Na França, o torneio contou com a participação de representantes de países como Estados Unidos, Canadá, Bélgica, Holanda, Alemanha, Inglaterra e Venezuela, além, é claro, do Brasil e dos jogadores anfitriões. Criado em 1949, o raquetebol ainda é pouco conhecido no Brasil, mas conta com cerca de 10 milhões de praticantes, sendo que mais da metade deles estão na América do Norte.

No torneio na França, Mauro foi vice-campeão na categoria ‘35+’ (35 anos ou mais), e ressaltou a organização do evento, realizado num magnífico complexo esportivo, o ‘City Form Forest Hill’, com infraestrutura completa para a prática dos esportes de raquete. “É de dar inveja. Se o Brasil contasse com o apoio do Governo, das Empresas, das instituições de ensino para disponibilizar espaços físicos dessa categoria a todos os cidadãos, seriamos a pátria não só do melhor futebol do mundo, mas de todos os esportes”, afirmou Mauro. Ele destacou ainda a hospitalidade constumeira dos franceses em grandes acontecimentos esportivos. Ele conta que o presidente da Federação Francesa de Raquetebol, Jean Pierre, convidou todas as delegações para um saborosíssimo jantar em um de seus restaurantes, na cidade de Chambourcy.