Brasileiro sofre surto e está preso por tentativa de sequestro em Massachusetts

0
1946

Sandro Corbelli invadiu uma creche, segurou uma criança de um ano no colo e foi contido por policiais

Sandro Corbelli invadiu uma creche

Da Redação (com EM) – A família do brasileiro Sandro Corbelli, de 38 anos, que está preso há duas semanas por tentativa de sequestro em Somerville (MA), ainda não conseguiu contato com o ele para saber a versão do acusado. De acordo com os policiais, Sandro que é natural de Alpercata (MG), invadiu uma creche, segurou a força uma criança de um ano dizendo que seria sua filha. Ele está internado numa clínica psiquiátrica e terá uma audiência no dia 2 de junho. Ele foi oficialmente acusado de sequestro, agressão física, agressão a um agente de polícia e invasão, na Corte Distrital de Somerville, segundo o jornal Boston Herald.

A esposa de Corbelli, Eulália Contin, de 34 anos, disse que o marido é calmo, atencioso, trabalhador e dedicado à família. “Para se ter ideia, ele não tem vício. Não consome bebida alcoólica e tampouco fuma. Meu marido não frequenta bar. Se não estiver trabalhando, fica em casa”, disse Eulália ao jornal Estado de Minas. Ela disse que Sandro, descendente de pai italiano, tem dupla cidadania e já visitou a Europa e os Estados Unidos. Desta vez, viajou para assistir ao casamento de uma sobrinha. A família acredita que ele tenha tido um surto em razão de ter passado quase 72 horas acordado.

“Meu marido teve problemas para embarcar para os Estados Unidos, pois perdeu o voo, teve problemas na estrada (para o aeroporto). Precisou remarcar a viagem. Já na América, também teve problemas. Perdeu o voo de Miami para Boston. No domingo (10 de maio), me telefonou dizendo que não estava nada bem. Chegou a pensar em desistir de assistir ao casamento e em retornar ao Brasil”, conta Eulália.

Na terça, continua a mulher, ele invadiu a creche, segurou uma garotinha no colo e gritou que era sua filha. Sandro é pai de dois meninos, Cauã, de 5, e Caio, de 1. Detido, ele foi levado à presença de um juiz. Em seguida, foi internado em uma clínica. “Fisicamente ele está bem. Mas, psicologicamente, está delirando”, disse a esposa. Desde que o marido foi detido pela polícia, Eulália não dorme direito. O casal mora em uma em Fernandes Tourinho, cidade onde a migração para os Estados Unidos é grande.

Entenda o caso
De acordo com a ocorrência policial, Sandro Corbelli entrou na creche, que fica localizada no mesmo prédio onde ele estava hospedado em Somerville (MA), pouco antes das 9:15 da manhã, informou o Departamento de Polícia de Somerville. Quando os agentes chegaram ao local, “a 17 Dartmouth Street estava trancada e ninguém atendia à porta, entretanto, podiam ser ouvidos gritos e ruídos de luta no lado de dentro”, detalharam as autoridades. “Tivemos que entrar à força”.

Os policiais subiram ao segundo andar do prédio, onde encontraram Corbelli segurando uma menina de 1 ano de idade. Ele se recusou a obedecer às ordens do policial de largar a criança e “tinha ambos os braços em volta dela. A criança estava visivelmente abalada”, detalhou a polícia.

Depois da luta que durou pouco mais de um minuto, os policiais conseguiram tirar a menina dos braços de Corbelli e o imobilizaram no piso, entretanto, ele continuou a resistir.

“Durante a luta, Corbelli conseguiu agarrar a arma de um policial”, detalharam as autoridades. “O incidente envolveu entre cinco a seis agentes em um corredor estreito no segundo andar. Na tentativa de imobilizá-lo, um policial se feriu”.