Brasileiros arrecadam donativos para levar ao Nepal

0
780

O designer de móveis Artur Moreira criou uma camisa e um site para recolher doações

DIVULGAÇÃO
Vítima do terremoto no Nepal

Vítima do terremoto no Nepal

DA REDAÇÃO (com Brazilian Voice) – Considerado o pior em toda a história do país, o terremoto que praticamente destruiu o Nepal deixou o rastro de mais de 8.500 mortes. No dia 25 de abril, um terremoto de magnitude 7.8 atingiu o país, seguido de outro de magnitude 7.4 em 12 de maio. Comovidos com a tragédia, o designer de móveis Artur Moreira e o pastor evangélico Welbr dos Santos, ambos residentes em New Jersey, encontraram formas diferentes de ajudar os sobreviventes do terremoto.

O valadarense Artur Moreira criou uma camiseta no valor de $20, cuja renda será revertida para as vítimas e uma página na internet com o nome “Let’s Help Nepal”. “O objetivo é chegar aos 10 mil dólares. A passagem eu irei pagar do meu bolso para levar as doações pessoalmente”, disse o designer.

Artur Moreira utilizou as redes sociais para criar a campanha online “Let’s help Nepal!” (Vamos ajudar o Nepal!), no site GoFundMe.com (http://www.gofundme.com/ukzbw6p). Segundo ele, o dinheiro arrecadado será utilizado para comprar alimento e construir abrigos para crianças e famílias necessitadas. Moreira irá pessoalmente ao Nepal para comprar os alimentos e materiais necessários, assim, garantindo que o dinheiro será gasto em causas legítimas. “Não se afaste, dê o que você puder e, aos poucos, ajudaremos os nossos queridos irmãos no Nepal”, postou Artur em seu Facebook. Conhecido por seu envolvimento em obras de filantropia, o designer de móveis teve participação ativa quando outro terremoto devastou o Haiti e em campanhas para financiamento da cura para o câncer de mama. Sempre que requisitado, doa obras de sua criação para leilões de angariação de fundo para diferentes causas nobres.

Já o líder religioso Welbr dos Santos viajou para a região. Lá, ele ajuda na remoção das pessoas em áreas de risco para locais seguros, assim como na distribuição de comida. Através das redes sociais, especialmente o Facebook, Santos descreve os trabalhos de ajuda e resgate e registra imagens da devastação.

“Palavras não podem descrever o privilégio de poder mitigar a fome de um povo abatido por um terremoto que ceifou a vida de milhares de pessoas e deixou outros milhões sem o básico para sobreviver. Um saco de arroz para cada família veio como um bálsamo. Obrigado a todos os que cooperaram para que essa gente tivesse algo para comer durante uma semana. Já é madrugada de sábado para domingo e eu dormí apenas quatro horas desde que cheguei no Nepal na sexta-feira à tarde”, postou o pastor no Facebook. “Sexta-feira, cheguei em Kathmandu, fui recebido pelo missionário Silvio e Rose. Atravessamos áreas desoladas pelo terremoto e chegamos na casa dos missionários onde uma refeição generosa me esperava. O tempo foi apenas para comer e partir para ministrar em reuniões de liderança. à meia-noite fui dormir, e dormi até às quatro da manhã. Amanheceu o sábado comigo atualizando minhas informações no computador e me preparando para o longo fim de semana”.

O Pastor Welbr viajará ao Brasil para contratar soldadores e pedreiros para ajudarem nos trabalhos de reconstrução no Nepal. O endereço do site para ajudar é www.gofundme.com/ukzbw6p.