Brasileiros buscam parceria com a prefeita de Deerfield

0
531

Comitiva participou de audiência com Peggy Noland

Com a autoridade de representantes da maior comunidade de estrangeiros em Deerfield Beach e cujas atividades nos mais de 100 pontos comerciais movimentam cerca de 43% de todos os negócios da cidade, brasileiros foram até a prefeita Peggy Noland em busca de parceria. A mensagem passada pelo grupo pode ser resumida em poucas palavras: Os nossos conterrâneos não estão se sentindo respeitados na região, apesar da importância em todos os setores da economia.

O descaso com os brasileiros ficou claro logo no início da conversa, quando a prefeita “apesar de ocupar o cargo há quase dois anos” admitiu que não tem informações sobre a comunidade. “Acho esta uma excelente oportunidade de iniciar do zero um relacionamento com os brasileiros”, afirmou Peggy, prometendo participar mais de nossos eventos.

Por outro lado, a comitiva brasileira reconheceu que a falha é de ambas as partes. “Nosso povo muitas vezes não se envolve com a política local e prefere ficar invisível, até por questões imigratórias. No entanto, para termos força, precisamos nos organizar como comunidade e reivindicar de acordo com nossas necessidades”, explicou Urbano Santos, um dos fundadores do Centro Comunitário Brasileiro, entidade que tem como missão apoiar o desenvolvimento e crescimento da nossa comunidade no sul da Flórida, através da ajuda aos imigrantes menos favorecidos. Segundo ele, somos cerca de 10 mil em Deerfield Beach.

Questão imigratória na pauta

Como não poderia deixar de ser, um dos temas abordados no encontro com a prefeita foi em relação à situação imigratória. Paulo Schneider, que também integra o conselho diretor do CCB, revelou que muitos brasileiros indocumentados procuram o Centro Comunitário com reclamações sobre a atuação da polícia na cidade. “As pessoas estão com medo de sair às ruas de carro, pois podem ser paradas por causa de uma infração de trânsito e, no final, acabarem em processo de deportação”, disse o empresário.

A maior preocupação do grupo é com o êxodo de conterrâneos de Deerfield Beach, para onde encontram mais tranquilidade para viver. “A crise já abalou os negócios de forma intensa e não precisamos de mais este problema”, afirmou Carlo Barbieri, que participou da audiência também como integrante da Câmara de Comércio da cidade. Ele acrescentou que Deerfield tem tudo para ser centro da presença brasileira do sul da Flórida, mas a comunidade precisa saber que tem apoio e consideração das autoridades.

Cópia de uma identificação com foto

O tenente Kevin Granville, do Broward Sheriff’s Office, que coordena o trabalho policial em Deerfield e estava presente à reunião, fez questão de esclarecer que não há qualquer indicação dos superiores do condado para direcionar as ações contra imigrantes, muito menos os brasileiros. No entanto, ele ressaltou que muitos indocumentados são detidos porque não carregam consigo sequer uma forma de identificação, mesmo do país natal (passaporte, por exemplo). Quem não tem histórico criminal não precisa se preocupar, garantiu o tenente. Não se trata de racismo, mas as circunstâncias e a luta contra o terrorismo nos levam a agir desta forma, disse Kevin.

Nesse sentido, a prefeita sugeriu que todos os brasileiros levem consigo pelo menos uma cópia de uma identidade brasileira com foto para evitar o confronto com a força policial. Estamos falando de uma comunidade pacata, que está aqui para trabalhar e ganhar a vida, ressaltou Barbieri, lembrando que os brasileiros são apenas 27 dentre os quase dois mil detentos do Condado.

A audiência com a prefeita agradou a comitiva brasileira, que pretende tornar estes encontros mais constantes, inclusive com prefeitos de outras cidades com grande representatividade do nosso povo. Urbano e Paulo, aliás, trazem esta experiência de Massachusetts, onde participaram de equipes de trabalho que garantiram aos brasileiros daquela região várias melhorias. Podemos obter o mesmo aqui no sul da Flórida, mas somente com a união de todos, finalizou Urbano.